Compra do Twitter; Elon Musk cria problemas para concluir transação

Há meses, Elon Musk tenta comprar uma das maiores redes sociais ao nível global, o Twitter. O bilionário da tecnologia fez uma oferta de US$ 44 bilhões pela plataforma, porém os planos não saíram como esperado. 

publicidade
Incertezas na compra do Twitter; Elon Musk enfrenta problemas para concluir transação
(Imagem: Pxhere)

Etapas da compra do Twitter

Semanas atrás, foi anunciado que o empresário gostaria de comprar o Twitter e transformá-lo em uma empresa privada de dono único, logo após se tornar o maior acionista da rede social. Porém, antes mesmo da compra ser concluída, vários problemas começaram a surgir como resultado de uma das primeiras medidas.

Elon Musk solicitou uma investigação dos perfis de usuários da rede social. O intuito era identificar quantos destes usuários se caracterizavam como contas de spam. Até que o resultado desta análise fosse apresentado, a transação ficaria pendente. 

publicidade

A investida do CEO da Tesla e da SpaceX foi praticada pelo descrédito nos dados apresentados pelo Twitter, apontando que somente 5% das contas cadastradas na plataforma são spam. Segundo informações da BBC, o advogado Mike Ringler esclareceu que, como possível proprietário da rede social, Musk tem o direito efetivo de obter os dados solicitados. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Somente assim, é possível autorizar a continuidade da transação, tornando Elon Musk o novo e único proprietário do Twitter. Esta também é uma condição para garantir o financiamento necessário para honrar a oferta de US$ 44 bilhões. É essencial ter um entendimento preciso sobre o núcleo do modelo de negócios, em outras palavras, a base de usuários ativos. 

“Com base no comportamento do Twitter até o momento e na compreensão mais recente da empresa em particular, Musk acredita que a empresa está resistindo ativamente e frustrando seus direitos de informação”, pontuou o advogado.

publicidade

Mike Ringler ainda alegou que esta é uma violação material das obrigações do Twitter a respeito do acordo de fusão. Portanto, Musk se reservou de todos os direitos, incluindo o de não concluir a transação e rescindir o acordo quando achar conveniente. Ainda não está claro qual é o posicionamento efetivo de Elon Musk. 

Posicionamento do Twiter

Lembrando que o Twitter aceitou a oferta de Musk em abril deste ano e, desde então, o processo avançou até encontrar este impasse. Vale destacar que Elon Musk está sujeito a enfrentar um processo caso desista do acordo agora. Na oportunidade, a empresa disse que dará continuidade ao compartilhamento de informações cooperativamente com Musk visando consumar a transação.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar