Instagram remove app do Boomerang e Hyperlapse

O Instagram removeu o Boomerang e Hyperlapse das páginas de download de aplicativos Android e iOS. Eles eram dois dos apps mais antigos voltados para a rede social. Apesar da decepção dos usuários, a decisão tem uma boa explicação.

publicidade
Usuário entrando no Instagram pelo celular (Imagem: Solen Feyissa/Unsplash)
Instagram remove Boomerang e Hyperlapse (Imagem: Solen Feyissa/Unsplash)

A nova tendência do Instagram

O objetivo da empresa do grupo Meta, agora, é focar no Reels e outras ferramentas integradas no app principal.

Como se não bastassem os planos confirmados para a remoção do IGTV da plataforma de compartilhamento de imagens, agora o grupo de Mark Zuckerberg resolve retirar das lojas de aplicativos as ferramentas mais antigas.

publicidade

Ambos os aplicativos estavam disponíveis para usuários do Instagram desde 2015 e 2014, respectivamente. A remoção aconteceu no dia primeiro de março de 2022.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Dos dois, o Boomerang tinha uma base de instalação maior. Dados da Apptopia indicam que ele teve 301 milhões de downloads globais ao longo da vida, em comparação com apenas 23 milhões para o Hyperlapse.

A motivação por trás da remoção Boomerang e Hyperlapse

Ambas as ferramentas foram criadas e distribuídas para trazer novas possibilidades criativas ao Instagram sem sobrecarregar o sistema principal da ferramenta. A preocupação com o excesso dessas opções já vinha perturbando o Instagram.

publicidade
Filmagem feita com celular (Imagem: Nathan Dumlao/Unsplash)
A ideia do Instagram é unir as possibilidades no app base (Imagem: Nathan Dumlao/Unsplash)

A remoção foi feita sem nenhum comunicado oficial por parte do grupo Meta, controlador da rede social. Com o principal objetivo de dar espaço ao desenvolvimento das novas estratégias, como o próprio Reels, por exemplo, a empresa optou por deixar indisponível as ferramentas há muito tempo utilizadas.

Em entrevista ao Metro, o representante do Meta afirmou:

“Removemos o suporte aos aplicativos autônomos Boomerang e Hyperlapse para focar melhor nossos esforços no aplicativo principal.”

publicidade

A ideia por trás da movimentação do Meta passa diretamente pela intenção das ferramentas do grupo oferecerem todas as possibilidades em um único aplicativo: seja compartilhando fotos, usando como marketplace ou criando vídeos curtos.

A ampliação em conjunto com a otimização dentro do Instagram em diversas possibilidades é o foco.

Fim do Boomerang, mas ainda com resquícios

O aplicativo, apesar de não estar mais disponível nas lojas de apps, ainda tem suporte diante da ferramenta Stories, e se junta ao único “sobrevivente” das opções externas do Instagram.

“Boomerang ainda será suportado no aplicativo do Instagram no Stories. Por enquanto, o aplicativo layout do Instagram, que permite organizar fotos em colagens, parece ser o último em pé nas lojas de aplicativos”, afirmou o representante da rede social.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar