LoL: LOUD demitiu jogador acusado de racismo após quatro horas de contratação

No que pode acabar sendo considerado uma das demissões mais rápidas do mundo dos jogos, a LOUD demitiu o jogador de League of Legends José Eduardo “Frosty”, apenas algumas horas após ter anunciado a sua contratação.

publicidade
LOUD demitiu jogador
Frosty é demitido devido a escândalo, já resolvido, em 2020 (Imagem: Divulgação / LOUD)

O motivo da demissão foi uma ofensa racista que Frosty havia feito contra o topo Francisco “fnb”, hoje na FURIA, durante uma partida ranqueada em 2020.  Ao ver a ofensa ressurgir nas redes sociais, depois de dois anos, a LOUD rapidamente voltou atrás de sua palavra e cortou laços com Frosty, demitindo-o.

Frosty se defende

Em um comunicado oficial, Frosty comenta que desde a ofensa ele já se desculpou inúmeras vezes com “fnb” e que o ocorrido só vinha fazendo com que conquistar seu espaço no cenário competitivo fosse ainda mais difícil por causa disso.

publicidade

O jogador comentou também que a equipe da LOUD, e todos os envolvidos, estava completamente ciente da situação, e inclusive “não mediram esforços para impedir que qualquer ataque viesse à tona”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Como vocês sabem, não faço mais parte da LOUD, e vim esclarecer para os que se importam que tudo que aconteceu envolvendo o fnb já faz dois anos e, desde o começo de tudo, eu conversei com ele diversas vezes sobre tudo e me desculpei inúmeras vezes”, disse Frosty.

LOUD demitiu Frosty, jogador acusado de racismo, após reaparecimento de escândalo

O caso havia sido denunciado por fnb ainda em outubro de 2020. Em sua postagem havia um print de onde Frosty, na época Jelp, o chamava de macaco no chat do League of Legends, durante uma partida.

publicidade

O caso havia sido esquecido, pelo menos até a LOUD anunciar a contratação de Frosty, o que fez com que usuários do Twitter relembrassem a ofensa. Nesse primeiro momento a LOUD se pronunciou dizendo que iria analisar a contratação. 

Estamos averiguando se houve algum tipo de precipitação nesse novo contratado. Desculpa por estar nessa posição, trago updates [atualizações] quando tiver mais informação

Alguns minutos depois a empresa deu um parecer final dizendo não ter sido avisados do fato com antecedência e que portanto iriam cancelar o contrato. A empresa termina o comunicado se desculpando e afirmando sua posição como uma empresa transparente.

Frosty então veio fazer seu comentário oficial sobre o caso afirmando ter sido desligado da empresa, na qual mal entrou. Ele reconheceu seus erros e disse que não iria desistir, mas deixou claro que a organização sabia de todo o ocorrido. Além disso, a empresa deixou o jovem completamente desamparado após a demissão.

publicidade

Estou em SP agora, meio perdido e desacreditado, porém não vou desistir de nada disso. Tudo que eu recebi em relação a org foi uma ligação de dois minutos e nada mais. Não me falaram nem como eu vou voltar para casa”, escreveu Frosty, em publicação no Twitter.

Você acha que a atitude da LOUD foi correta nessa situação? Compartilhe sua opinião com a gente!

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar