Golpe do Bitcoin: Polícia recupera criptomoedas e devolve a idosa vítima de farsantes

Ao todo, 12 bitcoins de uma idosa vítima de estelionatários foram recuperados pelo FBI, nos Estados Unidos, depois que a senhora caiu em um golpe do Bitcoin cometido por falsos agentes do governo americano. 

publicidade
FBI recupera 12 bitcoins e devolve a idosa vítima de estelionatários
Imagem: Kanchanara | Unsplash

A Coinbase, corretora de criptomoedas, auxiliou no caso de acordo o DOJ (Departamento de Justiça) nesta terça-feira (16). O caso repercutiu na imprensa do país nesta semana.

Idosa vítima de estelionatários tem 12 bitcoins roubados

Tudo começou há seis meses, quando a idosa passou a receber ligações telefônicas em Asheville, cidade na Carolina do Norte.

publicidade

Os golpistas fingiram ser do escritório do Tesouro dos Estados Unidos (o Office of the Inspector General), que supervisiona todas operações financeiras.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

O “agente James Hoffman” disse à senhora que seus dados tinham sido utilizados em um esquema de lavagem de dinheiro e tráfico de drogas e, portanto, seus bens seriam congelados conforme notificou a Procuradoria da Carolina do Norte.

“Os impostores exigiram ainda todas as informações de identificação pessoal da vítima e detalhes sobre suas contas financeiras”, diz o DoJ, além de obrigar a idosa a depositar dinheiro em uma “conta do governo” provando que não estava envolvida em tais crimes.

publicidade

“Em 31 de agosto de 2021, 12,164699 bitcoins, no valor de aproximadamente US$574.766, foram transferidos da conta Coinbase da vítima para a conta controlada pelos impostores”, descreve a nota.

A idosa trocou seu fundo de aposentadoria por Bitcoins através da Coinbase, acreditando que estava provando sua inocência ao governo americano.

Coinbase identifica a fraude e atua junto ao FBI

A Coinbase identificou tal transferência como possível fraude e atuou junto ao FBI para resolver o caso.

“Após uma investigação e um processo de confisco civil bem-sucedido, as criptomoedas apreendidas foram confiscadas para os Estados Unidos e será devolvida à vítima”, explica a nota. Esta é a mais recente ação legal pública da Procuradoria dos Estados Unidos em seus esforços contínuos para combater os fraudadores que buscam explorar financeiramente os idosos”.

publicidade

Dena J. King, promotora do caso, mencionou que a vítima é um caso raro de idosos que tiveram seus fundos roubados de volta e que golpistas estão se passando agentes governamentais, mirando nessa faixa etária.

“Felizmente, neste caso, a fraude foi detectada rapidamente e os fundos roubados serão devolvidos à vítima. Infelizmente, a maioria desses casos não compartilha um final semelhante”, disse King.

FBI cria departamento para investigar crimes com criptoativos

O anúncio foi realizado na Conferência de Segurança Cibernética de Munique, responsável por investigar esses casos. A equipe será chefiada pela procuradora Eun Young Choi.

“Este será um aviso aos criminosos que usam criptomoedas para atividades ilegais. Apelamos a todas as organizações que trabalham com criptomoedas para que parem de abusar de ativos digitais e usá-los para esquemas fraudulentos. Caso contrário, os autores serão responsabilizados”, disse a vice-procuradora geral norte americana, Lisa Mônaco.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar