NFTs da Prada: grife de luxo inova no mercado de criptoativos

A Prada resolveu seguir o caminho já percorrido por outras grifes de luxo, como a Gucci e a Balenciaga. A renomada empresa do mundo da moda entrou no mercado de criptoativos lançando os próprios tokens não-fungíveis, os NFTs

publicidade
NFTs da Prada; grife de luxo inova no mercado de criptoativos
NFTs da Prada; grife de luxo inova no mercado de criptoativos. (Imagem: Divulgação/Prada)

Na próxima quinta-feira, 2 de junho, será lançada a primeira coleção de NFTs da Prada. Em primeira mão, serão disponibilizados 100 NFTs no mercado de criptoativos. O lançamento acontecerá em conjunto com produtos exclusivos da nova linha Timecapsule (Cápsula do Tempo, na tradução livre). 

A iniciativa é diferente de qualquer um dos projetos já concretizados pela grife. Pois, o consumidor que adquirir um item físico da Prada, seja uma peça de roupa, calçado ou acessório, será beneficiado por um NFT gratuito. 

publicidade

Para alguns especialistas no assunto, pode ser uma estratégia arriscada, tendo em vista que, de praxe, os NFTs tendem a ter um custo elevado, cujo preço é estabelecido em Ethereum (ETH), uma criptomoeda, convertida diretamente em dólar. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Criação dos NFTs da Prada

A ideia de criar uma coleção própria e exclusiva de NFTs da Prada é fruto de uma colaboração da grife junto ao artista Cassius Hirst. As primeiras peças já divulgadas da coleção Timecapsule são camisas nas cores preta e branca. Os NFTs distribuídos entre os clientes compradores serão, basicamente, GIFs, imagens animadas das cápsulas que acompanham os produtos. 

Se engana quem pensa que, por ser novata no mercado de criptoativos a Prada chega despreparada. Pois, a grife se preocupou em estabelecer um meio de atestar a autenticidade dos NFTs. Logo, cada um dos tokens virá com o próprio número de série de distribuição diretamente vinculados a cada camisa vendida em loja oficial da marca. 

publicidade

A Aura Blockchain Consortium, uma organização sem fins lucrativos fundada pela Prada, será a responsável pelo gerenciamento do projeto. A plataforma blockchain escolhida para proteger os NFTs foi a Quorum, baseada no ativo digital pioneiro dessas transações, o Ethereum. 

É importante explicar que, apesar de a Timecapsule ser a primeira coleção associada a NFTs exclusivos da Prada, esta não é a primeira vez que a grife atua no mercado de criptoativos. Isso porque, em ocasião anterior, a Prada já lançou uma outra coleção de tokens não fungíveis, mas em parceria com a Adidas. 

Na ocasião, a coleção foi intitulada de “adidas for Prada re-source”, anunciada em janeiro de 2022. Porém, a novidade não foi bem recebida como esperado, arrecadando somente 468 ETH em volume de negociações. Considerando que o preço mínimo atual é de 0,077 ETH (aproximadamente (US$ 140) por token, a quantia levantada pela grife foi de R$ 4,4 milhões.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar