O 5G no Brasil: conheça alguns dispositivos liberados pela Anatel e curiosidades da conexão

A Anatel está trabalhando na implementação do 5G no Brasil. Saiba algumas curiosidades, dispositivos disponíveis e homologados com a tecnologia pela agência no país.

publicidade
Ansiosos pela chegada do 5G, brasileiros não conhecem essa tecnologia
Ansiosos pela chegada do 5G, brasileiros não conhecem essa tecnologia. (Imagem: Pixabay)

Tecnologia e rapidez 

Desde que os rumores da implementação do 5G começaram a circular no Brasil, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) começou a fazer pesquisas mais sérias sobre o assunto. 

Segundo a própria Agência, a tecnologia dá acesso a altas transmissão de dados por uma latência mais baixa (tempo de resposta) e também oferece outras possibilidades, ainda a serem investigadas. 

publicidade

Pelas análises feitas, o 5G trará mudanças e novidades conforme o uso da tecnologia. Assim como o 4G trouxe novos modelos de negócios e o uso massivo dos aplicativos e redes sociais. 

Segundo a Anatel, “A tecnologia 5G promete massificar e diversificar a Internet das Coisas (IoT) em setores como segurança pública, telemedicina, educação à distância, cidades inteligentes, automação industrial e agrícola – entre tantos outros” 

Além disso, é esperado que as implementações melhorem ainda mais o desenvolvimento de novas redes e amplifiquem outros setores da economia e beneficiem a sociedade. 

Três modos de uso: 

publicidade
  1. Banda Larga Móvel Avançada: focada em altas velocidades de download e upload, para as novas necessidades do usuário convencional;
  2. Controle de Missão Crítica: focada em prover conexão com baixíssima latência e altíssima confiabilidade, voltada para aplicações sensíveis a atrasos e erros como carros autônomos, cirurgias remotas, controle remoto de maquinário industrial; e
  3. Massificar a Internet das Coisas: focada em atender uma grande quantidade de dispositivos IoT, com alta cobertura e baixo consumo de bateria, levando a Internet das Coisas a um novo patamar de atendimento.

Há algumas expectativas de melhoras em relação ao 4G, como o aumento de dispositivos conectados em uma determinada área e a eficiência energética, tendo a sustentabilidade como objetivo. 

Dispositivos 5G certificados 

A tecnologia 5G tem a característica de ser flexível e se adaptar conforme o dispositivo usado. O network slicing ou “fatiamento da rede” – processo em que as características da rede podem ser adaptadas segundo a necessidade.

Entretanto, existem padrões a serem seguidos para que a tecnologia funcione como deve ser. Alguns dispositivos já estão homologados e disponíveis para que a tecnologia 5G seja usada. São eles: 

iPhone:

publicidade
  • iPhone 13
  • iPhone 13 Mini
  • iPhone 13 Pro
  • iPhone 13 Pro Max
  • iPhone 12
  • iPhone 12 Mini
  • iPhone 12 Pro
  • iPhone 12 Pro Max
  • iPhone SE 2022 

Xiaomi: 

  • Xiaomi Mi 10T
  • Xiaomi Mi 10T Pro
  • Xiaomi Mi 11
  • Redmi Note 10 

Será o que o seu dispositivo já tem acesso ao 5G? Confira a lista completa de dispositivos clicando na página da Anatel.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar