Problema bizarro obriga Tesla a fazer recall de 130 mil veículos

A empresa automotiva Tesla, de Elon Musk, divulgou um recall para cerca de 130 mil veículos em sua linha de modelos nos Estados Unidos, devido as telas sensíveis ao toque que podem superaquecer e ficar em branco.

publicidade
Você sabia? Por que Elon Musk não tem uma casa própria
ELon Musk  (Imagem: Wikimedia Commons)

O documento foi publicado na última terça-feira (10) pela Administração Nacional de Segurança no Tráfego Rodoviário e informa que durante o processo de carregamento rápido, os computadores de processamento central podem não esfriar o suficiente, fazendo com o que o computador fique lento ou reinicie, e a tela central fique lenta ou pareça em branco.

O recall abrange os alguns modelos sedãs do Modelo S e SUVs Modelo X de 2021 e 2022, e os carros Modelo 3 SUVs Modelo Y de 2022. A Tesla está corrigindo o problema com atualizações de software online que melhorarão o gerenciamento de temperatura do computador.

publicidade

Sem essa tela central, os carros podem perder as telas das câmeras de ré, que são as configurações responsáveis por controlar os desembaçadores do para-brisa e indicadores que informam se os carros estão em marcha, neutro e ré. Isso pode aumentar o risco de um acidente.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

As atualizações começaram em 3 de maio e a Tesla informou que detectou os problemas depois de realizar testes de resistência de rotina. Não foi registrado nenhuma ocorrência de ferimentos ou acidentes, mas cerca de 59 reclamações foram registradas sobre a garantia do item, de janeiro ao início de maio.

Não é a primeira vez em 2022 que a Tesla registra problemas em itens de segurança

Várias investigações foram abertas este ano pela NHTSA, o órgão de vigilância da segurança rodoviária do país. Este é o 11º recall para a empresa de veículos elétricos desde 27 de janeiro, sendo que a maioria foi corrigida com atualizações de software.

publicidade

No início do ano passado, a empresa Austin, do Texas, recolheu mais de 130 mil veículos que também apresentaram as telas sensíveis ao toque. A princípio, a empresa se recusou a fazer um recall, mas a agência disse que os processadores de computador das telas têm um número finito de ciclos de programar e apagar e não duram o suficiente. A empresa concordou em substituir os processadores do computador.

A Tesla foi fundada em 2003 e é uma das maiores companhias de armazenamento de energia norte americana, que desenvolve, produz e vende automóveis elétricos de alto desempenho.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar