Telescópio Espacial James Webb é “flagrado” por nave espacial; veja foto

A Agência Espacial Europeia (ESA) divulgou, nesta quarta-feira (16), uma imagem que mostrou o Telescópio Espacial James Webb de longe. Ele foi fotografado pelo observatório Gaia, da Agência Espacial Europeia. Ambas as naves espaciais estão localizadas no segundo ponto de Lagrange (conhecido como L2), a aproximadamente um milhão de milhas da Terra longe do Sol.

publicidade
Posição do telescópio James Webb
Posição do telescópio James Webb (imagem: Reprodução/ESA)

A imagem fornece um raro vislumbre da posição do telescópio gigante no espaço. O Telescópio Espacial James Webb, de US$ 10 bilhões, lançado em 25 de dezembro de 2021, é três vezes maior que o Telescópio Espacial Hubble, lançado em 1990. Ele foi capturado no espaço graças a uma câmera localizada a mais de 600.000 milhas de distância.

A central para suas operações é um conjunto de 18 espelhos revestidos em ouro de 21 pés e quatro polegadas de espessura. Ele foi projetado para ser capaz de observar cerca de um terço do céu a qualquer momento. Isso significa que, até agora, ele é quem pode fornecer o melhor vislumbre para a humanidade das profundezas do espaço.

publicidade

O telescópio Gaia da Agência Espacial Europeia é projetado para fazer medições de objetos celestes, diferente James Webb que produz imagens. Este é um esforço para identificar com precisão a localização das estrelas na Via Láctea em relação à Terra. O aparelho envia uma faixa de medições de 360 ​​graus do espaço a cada seis horas.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Embora o Gaia não seja projetado para fotos, a agência pode fazer com que ele salve suas imagens quando necessário. A agência colocou isso em prática em 18 de fevereiro, quando percebeu que ele teria a oportunidade de identificar James Webb posicionado no espaço.

Apenas alguns dias depois da captura ter sido revelada, Uli Bastian, da Universidade de Heidelberg, confirmou que dois pontos na imagem eram de fato o telescópio Webb – um feito ainda mais difícil, considerando que o Gaia encontrou pouca luz do sol refletida sobre ele.

publicidade

Gaia e James Webb orbitam juntos

O Gaia foi lançado em dezembro de 2013. Em 2018, a agência anunciou que ele já havia produzido medições precisas de quase 1,7 bilhão de estrelas.

Os dois telescópios orbitam no segundo ponto de Lagrange. É aqui que as forças gravitacionais são estáveis e esse ponto específico permite que os telescópios fiquem de costas para o Sol para proteger seus instrumentos sensíveis.

O telescópio Gaia orbita em uma órbita de Lissajous, o que significa que ele cria uma forma única de subida e descida com sua órbita. O Telescópio Espacial James Webb está localizado na órbita de halo.

James Webb
Gaia e James Webb orbitam no segundo ponto de Lagrange (Imagem: Reprodução/ESA)
publicidade

A notícia chega na mesma semana em que a NASA divulgou uma imagem de James Webb de uma estrela chamada 2MASS J17554042+6551277. A façanha demonstrou que o telescópio foi totalmente alinhado e está mais pronto do que nunca para cumprir os seus objetivos.

Thomas Zurbuchen, administrador associado da Diretoria de Missões Científicas da NASA, declarou que a função de captura e óptica realmente funcionará conforme o esperado (ou até melhor).“Este é um dos dias mais magníficos de toda a minha carreira na NASA”, disse.

Enquanto o James Webb passar os próximos cinco anos olhando para o espaço, pode haver dias mais magníficos de descobertas por vir. Os cientistas sugeriram que o telescópio poderia ser usado para procurar formas de vida alienígenas com base nas bioassinaturas de planetas que orbitam outras estrelas.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar