Tudo o que é preciso saber sobre SSD de forma resumida e rápida para não errar mais

Hoje em dia, se você levar seu computador ou notebook que fica sempre travado a um técnico, é provável que ele te indique um SSD como solução para os problemas. Mas você sabe o motivo? Fique ligado neste artigo que eu vou te ensinar tudo o que você precisa saber sobre SSD!

publicidade
sobre SSD
Saiba o que é e para que serve um SSD (Imagem: Behnam Norouzi on Unsplash)

O que é um SSD?

SSDs, ou Solid State Drive (unidade em estado sólido), são componentes que servem para armazenar dados, assim como os famosos HDs, Hard Disk (disco rígido). A diferença entre os dois está nos seus componentes internos.

Os HDs possuem várias partes móveis em seu interior, incluindo uma agulha e um disco, responsáveis pela gravação dos dados, e todos os componentes responsáveis por fazer eles se moverem adequadamente.

publicidade

Os SSDs são basicamente um chip de memória flash (de alta capacidade), assim como as mídias de armazenamento portáteis, popularmente conhecidas como “Pendrives”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Outra diferença entre os dois é que um SSD é relativamente mais caro do que um HD convencional. Você pode encontrar um bom SSD hoje, com 250 GB de espaço de armazenamento, por um preço próximo de R$230, o mesmo valor para comprar um HD de 1TB (4x mais espaço).

O que você precisa saber sobre as diferenças entre SSD e HD?

Agora, você deve estar se perguntando o porquê comprar um SSD ao invés de um HD. As respostas são múltiplas.

publicidade

A principal delas é a velocidade. Já que o SSD não tem partes que se movem para ficar lendo e gravando arquivos, o desempenho é mais de 10 vezes do que um HD comum.

Mas esse não é o único atrativo dos SSDs. Eles são silenciosos e esquentam muito menos, qualidades que também os tornam mais resistentes, seja para uso prolongado ou quedas.

Outro ponto importantíssimo sobre as unidades em estado sólido (SSD) é que ao contrário dos discos rígidos (HD), elas não precisam ser desfragmentadas para aumentar ou recuperar a performance.

Tipos de SSDs: SATA vs NVMe

Os dois tipos de SSD que você vai ver por aí são o SATA e o NVMe. Embora eles trabalhem de maneiras quase idênticas, as formas como você os conecta no computador são diferentes.

publicidade

Enquanto o SATA é ligado na mesma conexão que os HDs (a entrada SATA), o NVMe é ligado no slot PCIe do computador, uma conexão várias vezes mais rápida do que a SATA, fazendo dele mais rápido.

Não importa qual você escolha, um SSD com certeza vai ser bem melhor do que um HD. Em certos sistemas, é possível ver a redução do tempo de boot dos computadores de quase 20 vezes, principalmente se o HD já for velhinho.

E as vantagens se espalham para o funcionamento do computador também. Programas abrindo quase que instantaneamente e sem engasgo durante a execução, até os jogos podem rodar “mais lisos”.

É importante saber que o SSD não aumenta a potência do computador em jogos, mas pode descongestionar o carregamento de dados, deixando a jogatina mais fluida.

Você precisa de um?

Após ver todas as vantagens das unidades em estado sólido é fácil chegar a uma conclusão, não é mesmo?

Se você precisa de velocidade e silêncio enquanto usa seu computador ou notebook, não tem muito o que pensar, SSD sempre vai ser uma opção melhor.

O único caso em que o HD faz sentido é como disco para armazenamento. Por exemplo, você pode usar o SSD para instalar o sistema operacional e desfrutar de uma experiência melhor enquanto usa seu HD para guardar todos os seus arquivos, o que sai muito mais barato (dica testada e aprovada pelo editor do Bit Magazine).

Mesmo assim, ainda existem pessoas que preferem investir mais num SSD com capacidade maior e descartar completamente os discos rígidos dos seus computadores.

E você, pronto para se livrar do seu HD de uma vez por todas e entrar na era do SSD?

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar