Tuíte de Elon Musk sobre inflação agita preço de três criptomoedas

Um tuíte de Elon Musk, bilionário dono da Tesla e XSpace, levou a um breve aumento no valor das criptomoedas – como Bitcoin, Ethereum e Dogecoin depois que ele disse que não venderia os tokens digitais que possui.

publicidade
Foto: Divulgação

O chefe da Tesla e da SpaceX publicou um tweet buscando respostas à provável taxa de inflação nos próximos anos.

Isso foi o bastante para gerar um crescimento instantâneo no valor das criptomoedas em questão, tendo um aumento médio de 500 a 1.000 dólares cada uma delas.

publicidade

Como princípio geral, para aqueles que procuram conselhos neste tópico, geralmente é melhor possuir coisas físicas, como uma casa ou ações de empresas que você acha que fazem bons produtos, do que dólares quando a inflação está alta… Eu ainda possuo e não vou vender meu Bitcoin, Ethereum ou Doge fwiw (pelo que vale).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

A influência de Elon Musk no mercado das criptomoedas

Elon Musk é conhecido por influenciar o valor da criptomoeda por meio de seus comentários nas mídias sociais. Seus tweets no Dogecoin no passado, incluindo aquele em que ele chamou de “cripto do povo”, ajudaram a moeda do meme a subir 5.859% em 2021, segundo dados do site Coinbase.

O empresário disse que embora o Dogecoin possa ser inflacionário, pelo menos é um número fixo em oposição ao Bitcoin. “E isso é realmente bom porque incentiva as pessoas a gastar, em vez de acumular como uma reserva de valor”, disse ele ao Bitcoin.

Musk, que foi nomeado a Pessoa do Ano da revista Time para 2021, reiterou em outubro do ano passado suas participações limitadas a Bitcoin, Ethereum e Dogecoin. Ele observa de perto o espaço de criptomoedas e twitta suas observações regularmente.

publicidade

Após o tuíte de Elon Musk, outros especialistas e investidores também se manifestaram sobre a questão. Michael Saylor, fundador da empresa pública com o maior número de bitcoins em caixa, a MicroStrategy, fez um alerta de que a inflação continuará em seus níveis máximos, defendendo que o Bitcoin seja uma forma de proteção contra isso.

A inflação ao consumidor em USD continuará perto dos máximos de todos os tempos, e a inflação de ativos terá o dobro da taxa de inflação ao consumidor. Moedas mais fracas entrarão em colapso, e a fuga de capital de dinheiro, dívida e ações de valor para propriedades escassas como #bitcoin se intensificará”, comentou Michael Saylor.

Vale lembrar que, em 2021, Musk ultrapassou o fundador da Amazon, Jeff Bezos, para se tornar a pessoa mais rica do mundo.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar