Turismo em Marte? Já definiram 8 destinos para visitação no Planeta Vermelho; confira

Mariana Souza

11 de outubro de 2022

Mesmo não tendo voltado nem à Lua ainda, o objetivo maior sempre foi Marte! Agora, confira alguns pontos turísticos muito legais que poderão ser visitados após a conquista do Planeta Vermelho.

publicidade

Marte. (Imagem: Divulgação/NASA)

Planeta Vermelho: vários pontos de visitação

Com enormes vulcões, cânions, crateras e até abrigos de água corrente (ainda sem confirmação), Marte será um local incrível para a visitação daqui a alguns anos.

Mesmo o Projeto Artemis estando com o cronograma de lançamento atrasado, o grande objetivo após chegarmos à Lua, é levarmos mais pessoas para conhecerem Marte.

Confira aqui alguns locais interessantes que poderão ser visitados no Planeta Vermelho.

publicidade

Monte Olimpo

Imagem: NASA/MOLA Science Team/ O. de Goursac, Adrian Lark

Imagem: NASA/MOLA Science Team/ O. de Goursac, Adrian Lark

Nome dado à morada dos deuses gregos, o vulcão Monte Olimpo é o maior do nosso Sistema Solar e tem aproximadamente o tamanho do estado do Arizona nos Estados Unidos.

Sua altura mede 25 quilômetros e é quase três vezes maior que o Monte Everest, que tem cerca de 8,9 quilômetros de altura.

Pelos estudos feitos, o Monte Olimpo seria fácil de ser explorado, já que sua inclinação média é de apenas 5%.

Valles Marineris

Imagem: Divulgação/NASA

Imagem: Divulgação/NASA

Além do maior vulcão do Sistema Solar, Marte também possui o maior cânion, chamado de Valles Marineris, com cerca de 3 mil quilômetros de comprimento, afirma a NASA.

Seria cerca de quatro vezes maior que o Grand Canyon, com seus 800 quilômetros de comprimento.

Existem várias teorias sobre o surgimento de Valles Marineris, ainda sem uma certeza, mas que poderia ter sido criado em consequência aos vulcões Tharsis.

Vulcões Tharsis

Imagem: Divulgação/NASA

Imagem: Divulgação/NASA

Outros vulcões existentes em Marte se chamam Tharsis, eles formam uma cadeia de 12 vulcões gigantescos em uma zona de aproximadamente 4 mil quilômetros de largura.

Estes gigantes tendem a ser muito maiores que os da Terra, possivelmente porque Marte tem uma força gravitacional mais fraca que aqui, permitindo que estes fenômenos cresçam mais.

Polo Norte e Polo Sul

Imagem: Divulgação/NASA

Imagem: Divulgação/NASA

Assim como a Terra, Marte também tem duas regiões geladas em seus polos. Ambas possuem composições ligeiramente diferentes e, segundo a sonda Phoenix da NASA em 2008, “as temperaturas perto dos polos norte e sul são tão frias que o dióxido de carbono se condensa na atmosfera em gelo, na superfície.”

Essas diferenças de temperatura influenciam todo o clima marciano.

Cratera Gale e Monte Sharp (Aeolis Mons)

Imagem: Divulgação/NASA

Imagem: Divulgação/NASA

Por conta do pouso do rover Curiosity em 2012, a Cratera Gale ficou famosa principalmente por abrigar evidências de água no local.

O rover tropeçou em um leito de riacho na época e depois descobriu outras evidências de moléculas orgânicas complexas na região.

Medusae Fossae

Imagem: Divulgação/ESA

Imagem: Divulgação/ESA

Um dos locais mais diferentões de Marte, a Medusae Fossae traz especulações de algum tipo de acidente com OVNIS (Objeto Voador Não Identificado).

Entretanto, a explicação mais plausível é que ali seria um enorme depósito vulcânico – cerca de um quinto do tamanho dos Estados Unidos.

Outros estudos afirmam que pode se tratar de imensas erupções vulcânicas que teriam aquecido o planeta e formado essas elevações.

Linhas de declive na cratera Hale

Imagem: NASA/JPL-Caltech/Univ. of Arizona

Imagem: NASA/JPL-Caltech/Univ. of Arizona

As linhas de declive são características interessantes de Marte que podem se formar nas laterais de crateras como a de Hale quando o clima está mais quente.

Ainda não se sabe ao certo qual a origem e como isso funciona, mas o visual fica incrível!

Dunas Fantasmas

Imagem: NASA/JPL/University of Arizona

Imagem: NASA/JPL/University of Arizona

Por ter muito vento, Marte mostra seu poder e também as evidências de que é possível ter contido água em tempos passados.

Por conta destes ventos fortes, dunas fantasmas costumam aparecer e mostram como os ventos são poderosos no Planeta Vermelho.

Há muito o que se explorar em Marte e o planeta é lindo!

Com informações: Space.Com

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Jogos recomendados

Mariana Souza
Escrito por

Mariana Souza