Twitter descobre jeito capaz de burlar a proibição na Rússia

O governo russo anunciou semana passada o bloqueio do Twitter no país. O aplicativo não ficou para trás e deu um jeito de burlar a proibição, adicionando ao site suporte a rede TOR Onion.

publicidade
Twitter lança serviço no Tor Onion e é capaz de burlar a proibição na Rússia
Imagem: Pexels

O TOR (The Onion Router) permite que usuários residentes em solo russo acessem a rede social de maneira protegida criptografada em várias camadas de proteção (daí o nome Onion, que em inglês significa cebola).

TOR Onion: burlar proibições fica fácil

O Twitter está lançando uma versão de seu site em versão para o TOR Onion, otimizando-o para a rede que protege a privacidade e evita a censura.

publicidade

O engenheiro de software Alec Muffett anunciou a notícia dia 08 de março no Twitter, descrevendo-a como “possivelmente o tweet mais importante e esperado que eu já compus”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

A rede TOR também foi adicionada à página de navegadores suportados do Twitter .

O serviço onion do Twitter está disponível para acesso no Tor Browser ou similar em: https://twitter3e4tixl4xyajtrzo62zg5vztmjuricljdp2c5kshju4avyoid.onion.

publicidade

Já era possível acessar o site comum do Twitter via Tor, mas a versão recém-lançada adiciona mais camadas de proteção à experiência de navegação já anônima e é projetada especificamente para a rede.

Twitter lança serviço no Tor Onion e é capaz de burlar a proibição na Rússia
Imagem: Cecilia Parente – Reprodução do perfil no Tor Browser

 

“É um compromisso da plataforma de lidar com pessoas que usam o Tor de maneira equitativa”, disse Muffett ao site The Verge por mensagem direta no Twitter. “Configurar um endereço onion é um passo prático que demonstra que a plataforma está atendendo explicitamente às necessidades das pessoas que usam o Tor.”

publicidade

Os serviços Onion são usados muitas vezes para acessar serviços da Deep Web. Vários sites oferecem versões específicas do Tor, incluindo o mecanismo de busca DuckDuckGo e agências de notícias como The New York Times, BBC e ProPublica.

Ferramentas como SecureDrop, usado por muitos para transferência segura de documentos, também rodam pelo Tor.

Muffett, que trabalha com empresas para implementar sites Onion, twittou que vem discutindo a possibilidade de um Twitter amigável ao TOR desde 2014 e que milhões de pessoas já acessam mensalmente o Facebook através do navegador da cebola.

Como funciona o TOR?

O TOR criptografa o tráfego da web e o espalha através de uma série de servidores para ocultar informações de identificação sobre os usuários.

É uma maneira popular de acessar sites que estão sujeitos à censura na Internet, e isso o tornou particularmente relevante desde a invasão da Ucrânia pela Rússia em fevereiro, que estimulou uma repressão russa no Twitter, Facebook e serviços de notícias independentes.

Assim, os usuários russos podem se conectar por meio do TOR nas redes sociais de forma segura.

O serviço Onion do Twitter está em andamento há muito mais tempo e tem benefícios que vão além de simplesmente acessar uma plataforma bloqueada.

Ele força as pessoas a usar a rede do Tor, já que não funciona com navegadores comuns, e protege contra alguns riscos de segurança introduzidos por endereços web padrão.

“Se você estiver executando o Tor Browser e digitar exatamente o endereço onion apropriado, você está conecetando ao site que deseja de forma segura”, explica Muffett.

É seguro?

Ter um caminho de acesso distinto também ajuda plataformas como Facebook e Twitter a monitorar mais facilmente atividades maliciosas que tiram proveito do TOR (como ataques ao site) sem bloquear ou degradar o serviço para usuários de boa fé.

Mesmo que a maioria das pessoas não use a rede para acessar o Twitter, é uma ajuda para aqueles que utilizam e necessitam dele em tempos difíceis.

O Twitter divulgando o TOR publicamente mostra uma aceitação a rede de proteção e que o navegador tem muitas coisas boas a oferecer.

Vale lembrar TOR é apenas mais um browser entre tantos e o que cada usuário faz é de total responsabilidade dele, como em qualquer outro navegador.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar