Twitter vai ser pago? Entenda o polêmico plano de Elon Musk

E as tretas com Elon Musk e o, agora seu, Twitter continuam. Após a aquisição da rede social pelo homem mais rico do mundo os usuários da plataforma estão apreensivos com as possíveis medidas que ele irá implementar nela. Sendo assim, “qualquer coisa vira um ‘coisão’”. A bola da vez é que o empresário sugeriu que quer cobrar de governos e corporações para usarem a plataforma.

publicidade
Funcionário do Twitter contra Elon Musk (Imagem: Leandro Kovacs/Bitmagazine)
(Imagem: Leandro Kovacs/Bitmagazine)

É um fato que o homem mais rico do mundo está se mantendo ocupado trocando ideias para possíveis modificações no Twitter, sua possível recente aquisição (as negociações ainda foram completamente finalizadas).

Novas adições no Twitter

Ele nem assumiu e a rede social já vem ganhando recursos através de sua influência. Recentemente, um de seus tweets acabou por gerar o recurso de “Editar Tweets” – que ainda está em fase de testes, mas já é quase certeza de que será implementado.

publicidade

Além disso, as ideias do homem mais rico do mundo, e dono de empresas como a Tesla e a SpaceX, prometem mudanças radicais na maneira como o Twitter funciona. Até menções de tornar o código-fonte da plataforma open source já foram feitas.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Elon Musk quer cobrar de governos e corporações

No tweet publicado na última terça-feira, dia 3 de maio, Musk fala sobre a questão de cobrar serviços em casos específicos.

Em última análise,“a ruína dos maçons foi prestar seus serviços de entalhadores de pedra, de graça”, twittou Musk. “O Twitter sempre será gratuito para usuários casuais, mas talvez com um pequeno custo para usuários comerciais/governamentais”.

publicidade

Dá para levar à sério?

Elon Musk, como é típico dele, não se comprometeu com essa estratégia: ele está apenas twittando. Mas a ideia segue a linha do que já aprendemos sobre seus planos para a plataforma. 

Vale lembrar que ele já mencionou a cobrança de empresas de mídia para citar ou incorporar tweets. A lógica é simples: o Twitter atualmente é gratuito e as pessoas o querem, então, porque não cobrar por isso? Só que ao invés de cobrar do “povão”, a ideia dele é cobrar de quem usa a rede social para trabalho, nesse caso, os governos e corporações.

A ideia foi recebida com bastante criticismo por parte de algumas pessoas que levantaram questões bem importantes sobre o assunto, como, por exemplo, o valor pago por companhias de diferentes portes e a partir de qual ponto uma empresa deveria ser cobrada para ter acesso à plataforma.

Outros usuários comentaram também que ser cobrado por expressar sua opinião vai contra a primeira emenda da constituição, indo diretamente, por sua vez, contra a ideia de Musk sobre discurso livre.

publicidade

E aí? O que você acha da ideia de Musk para cobrar pelo uso do Twitter?

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar