Uber endurece medidas para quem não usar o cinto de segurança

A Uber anunciou nesta semana que irá reforçar as regras de utilização do cinto de segurança durante as corridas. Agora, o aplicativo irá ficar apitando até que o passageiro feche o apetrecho.

publicidade

De acordo com a empresa, boa parte dos motoristas já andam com avisos pelos carros reforçando da necessidade de cumprir essa medida de segurança. No entanto, esse método não se demonstra tão eficaz.

App do Uber vai apitar se passageiro não usar o cinto de segurança
Imagem: Pexels

O aplicativo do motorista emitirá uma série de bipes, enquanto o aplicativo do passageiro enviará notificações lembrando-os de apertar o cinto.

publicidade

Leia mais: Uber Eats anuncia fim de entregas de restaurantes no Brasil: Veja data

A maioria dos veículos nos EUA possui lembretes de cinto de segurança integrados, mas isso normalmente não abrange os passageiros do banco traseiro. 

As notificações do aplicativo servem como uma solução alternativa. A empresa afirmou que essa medida simples, pode salvar muitas vidas.

“Apertar o cinto é uma das maneiras mais eficazes de ajudar a manter você e outras pessoas no veículo seguras em um acidente. Ao alavancar a tecnologia para lembrar os passageiros de apertar o cinto, esperamos aumentar o uso do cinto de segurança e potencialmente salvar vidas”, disse Kristin Smith, chefe de política global de segurança rodoviária da Uber, em comunicado.

publicidade

Vidas em números no Brasil e EUA

Segundo um levantamento realizado no ano passado no Brasil, 70% das vítimas fatais de acidentes que estavam no banco traseiro não estavam com o cinto de segurança.

O cinto também é capaz de reduzir em 70% o risco de lesões graves e em 40% o risco de mortes dos ocupantes do veículo em caso de batidas.

Leia mais: 99 anuncia pacote de benefícios para tentar bater Uber

O país é um dos lugares onde, segundo uma pesquisa da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, mais se utiliza cinto de segurança nos assentos da frente, com uma taxa de 97% de utilização. No entanto, quando o assunto são os bancos traseiros, a taxa cai para 7%.

publicidade

A estatística é ainda mais assustadora ao saber que 80% das pessoas que não usavam cinto de segurança morreram em acidentes em que pelo menos um dos veículos a menos de 20 km/h. O número de mortes nas estradas dos EUA está aumentando a um ritmo alarmante.

Embora menos pessoas estivessem na estrada no início da pandemia, cerca de 38.680 pessoas morreram em acidentes de trânsito em 2020, um aumento de cerca de 2.500 em relação a 2019, e as mortes aumentaram ainda mais no primeiro semestre de 2021, segundo o National Highway Traffic Administração de Segurança.

Parece ridículo precisarmos de apitos e notificações para nos lembrar de usar cintos de segurança em pleno 2022, mas o Uber é inteligente em não subestimar a teimosia de alguns de seus clientes.

De qualquer forma, por favor use sempre cinto de segurança!

Leia mais: Seu computador pegou vírus? Aprenda a se livrar deles com o tutorial do Bit Ensina

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar