Uber ganha botão inovador para combater a violência no Rio de Janeiro

A Uber ganhou um botão para chamar a polícia pelo app. A empresa anunciou nesta sexta-feira (8) que assinou um acordo de parceria com a Secretaria de Estado da Gendarmaria do Rio de Janeiro (SEPM-RJ) para criar um botão “chamar a polícia” diretamente no aplicativo.

publicidade
App do Uber vai apitar se passageiro não usar o cinto de segurança
Uber ganha botão para chamar a polícia pelo app. Imagem: Pexels

Os operadores de serviços de emergência da PM recebem automaticamente dados de localização e viagem em tempo real sempre que um usuário ou motorista pressiona um botão.

A ideia é que a polícia não precise que o passageiro ou motorista se manifeste ou altere o aplicativo para receber as informações.

publicidade

O sistema começará a operar na Baixada Fluminense como projeto piloto e depois se expandirá para outras partes do estado.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

De acordo com a Uber, os operadores serão treinados pelo Cecopom (Centro de Comunicações de Combate Militar e Policial) como parte do processo de integração de tecnologia anterior ao projeto piloto.

Uber ganha botão para chamar a polícia pelo app; como funciona?

A ferramenta usa os sinais de localização disponíveis em seu telefone, como GPS e pontos de Wi-Fi na área, para determinar com mais precisão a localização do veículo.

publicidade

Além disso, a polícia pode obter detalhes da viagem, como placa, marca, modelo e cor, nomes de motoristas e passageiros e números de telefone.

A integração entre o aplicativo Uber e a polícia é feita pela startup norte-americana RapidSOS. Ela vincula dados críticos de qualquer dispositivo conectado ou aplicativo móvel diretamente aos serviços de emergência.

Segundo a Uber, essa integração com o 190 será a primeira da empresa do gênero no Brasil. O aplicativo 99 também possui um botão de chamada da polícia, mas é usado apenas para discar automaticamente 990 no aplicativo de telefone do passageiro ou do motorista.

Embora seja uma tecnologia nova no Brasil, essa integração tecnológica já está ocorrendo em mais de 1.200 cidades nos Estados Unidos e 29 estados no México.

publicidade

A segurança sempre foi uma prioridade para as empresas que operam aplicativos de transporte no Brasil. Esta semana, a Uber também anunciou que os motoristas poderão ver o endereço de destino exato antes de aceitá-lo.

Recentemente, a 99 também anunciou que alguns eventos poderão ser escoltados pela polícia caso a empresa encontre perigo durante a viagem.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar