Um passo mais próximo da Lua! NASA testa novos sistemas e equipamentos para missão

Depois de muito atraso a NASA finalmente conseguiu completar o que pode ser o próximo passo para colocar o homem de volta na Lua, o lançamento da missão CAPSTONE (Operações de Tecnologia do Sistema de Posicionamento Autônomo Cislunar e Experiência de Navegação).

publicidade
colocar o homem na Lua
Nasa faz parceria com a Rocket Lab para lançar a CAPSTONE á Lua (Imagem: Reprodução / Rocket Lab)

O cubo, do tamanho de um micro-ondas e pesando cerca de 25 kg (ferramenta fundamental para referências e cálculos), foi lançado no foguete Electron da Rocket Lab. O disparo aconteceu na Península Māhia da Nova Zelândia.

Decolagem! #CAPSTONE lançado a bordo de um foguete Electron @RocketLab para preparar o caminho para futuras missões @NASAArtemis à Lua e além.

 O que vem a seguir para o satélite do tamanho de um forno de micro-ondas? Confira http://blogs.nasa.gov/artemis para atualizações.

publicidade

A missão é fundamental para chegada do homem até a Lua

Para este lançamento, a Rocket Lab utilizou um foguete Electron, o primeiro foguete alimentado por baterias no lugar de turbinas a gás. Adicionalmente, o foguete foi equipado com um módulo chamado Photon Lunar, que vai ser responsável por mandar a CAPSTONE para longe da órbita da Terra.

O Photon ainda vai continuar a fazer novas queimas durante os próximos cinco dias para que o módulo, ainda na nossa órbita, pegue o máximo de velocidade possível até disparar em direção à Lua.

Depois disso, o Photon deverá liberar o CAPSTONE que vai continuar sua viagem com seus próprios propulsores, chegando à Lua no dia 13 de novembro, onde ficará em órbita de halo quase retilínea (NHRO), um tipo de orbitação altamente elíptica.

A posição precisa onde o CAPSTONE vai ficar em órbita é uma parte fundamental do programa Artemis para colocar o homem na Lua mais uma vez. Porém, a CAPSTONE, por si só, já é um ganho enorme para a exploração espacial.

publicidade

CAPSTONE é um exemplo de como trabalhar com parceiros comerciais é fundamental para os ambiciosos planos da NASA de explorar a Lua e além (…) Estamos entusiasmados com o início bem-sucedido da missão e ansiosos pelo que o CAPSTONE fará quando chegar à Lua”, disse o administrador associado da Diretoria de Missões de Tecnologia Espacial da NASA, Jim Reuter.

O lançamento completo, assim como mais informações sobre a missão, pode ser acompanhado no vídeo abaixo e segundo a Nasa comentou, ocorreu sem grandes problemas.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar