Windows 11 não inova e revive antiga função para seu leitor de CD e DVD; estamos regredindo?

Só quem é das antigas vai se lembrar do tempo em que passávamos horas no windows 7/Xp “ripando” CDs inteiros de música. Naquela época, a internet ainda não era tão avançada como agora e serviços de compartilhamento de arquivos muito menos. Mas agora você vai poder aproveitar toda aquela nostalgia novamente, já que o Windows 11 vai trazer de volta a opção de ripar CDs nativamente.

publicidade
ripar CDs nativamente
Media Player ganha função de rip áudio (Imagem: Reprodução / Microsoft)

A novidade faz parte de uma série de atualizações que serão implementadas no Media Player, o sucessor do Windows Media Player, mas primeiramente só para membros do Windows Insiders, grupo que testa o sistema operacional da Microsoft.

Microsoft continua a implementar o Windows 11 com recursos antigos

Até agora, parece que a ideologia por trás do Windows 11, o novo sistema operacional (OS) da empresa, não foi bem aceita pelos usuários, pelo menos não a ponto de fazer pessoas que usam o Windows 10 sentirem a necessidade de trocar por ele.

publicidade

Isso vem fazendo com que a empresa tenha que recorrer a uma série de atualizações de recursos para chamar a atenção de possíveis novos usuários.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Boa parte deles estão voltados para a experiência do usuário, como o retorno do “arrasta e solta” na barra de tarefas.

Função de ripar CDs nativamente volta ao Windows

Mesmo assim, a empresa também investe bastante em trazer novas, e antigas, funcionalidades para os aplicativos que compõem o ecossistema do OS.

publicidade

Uma das atualizações mais recentes da Microsoft trouxe duas grandes novidades: uma atualização da interface do Camera e implementação de recursos de “ripar” CDs nativamente através do Media Player.

Enquanto o Camera recebeu uma repaginada na aparência e suporte a leitura de QR Codes, a atualização no Media Player foi mais extensa.

O aplicativo, que havia recebido suporte a leitura de CDs há apenas alguns meses, ganhou a função de ripar (copiar) músicas de CDs para arquivos de áudio (AAC, WMA, FLAC, e ALAC) no computador. A suspresa ficou pela ausência de suporte ao formato MP3, mas talvez em outra atualização apareça.

A função não chega a ser uma grande novidade, nem muito utilizada atualmente, mas ainda é interessante de se ter a disposição de forma nativa, como era nas versões anteriores que tinham o Windows Media Player como reprodutor padrão para arquivos de áudio e vídeo.

publicidade

As novidades ainda estão chegando agora no canal de testes e ainda não se sabe quando elas serão disponibilizadas para o público geral. O post oficial das atualizações está disponível no blog da empresa.

Com informação: Microsoft.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar