Windows 11: Microsoft testará novos recursos experimentais

Depois de anunciar uma grande atualização em fevereiro no Windows 11 semana passada, a Microsoft deu mais detalhes de testes do programa operacional para 2022. A empresa utiliza a fase teste para poder avaliar erros e ferramentas talvez não cheguem a ser lançadas.

publicidade

“Como parte dessa evolução contínua, os Insiders nos verão apoiando mais o Canal dos Desenvolvedores como um lugar de incubadora de novas ideias, trabalhar em itens de longo prazo e controlar os estados de recursos individuais”, explica Amanda Langowski, líder do Programa Windows Insider.

Microsoft testará novos recursos experimentais do Windows 11
Imagem: Divulgação/Microsoft

“Em alguns casos, esses conceitos nunca serão lançados, mas experimentando mais, podemos refinar melhor as experiências e fornecer soluções no Windows que realmente capacitam nossos clientes a alcançar mais”, disse.

publicidade

Vários entusiastas do Windows procuram novos recursos toda vez que a Microsoft lança uma nova versão, usando sinalizadores no sistema operacional para ativar recursos ocultos e poder verificar o que a Microsoft está experimentando.

Leia também: Aprenda a instalar o Windows 11 de graça

“Também reconhecemos que alguns de nossos Insiders mais técnicos descobriram que alguns recursos são desativados intencionalmente nas compilações que lançamos. […] Isso ocorre por design e, nesses casos, comunicaremos apenas sobre os recursos que estamos habilitando propositalmente para os Insiders experimentarem e fornecerem feedback”, emenda Langowski.

Microsoft testará novos recursos experimentais do Windows 11
Imagem: Divulgação/Microsoft
publicidade

Windows 11 terá alterações na barra de tarefas

O Canal de Desenvolvimento do Windows 11 é onde os recursos experimentais aparecem pela primeira vez para serem testados, enquanto o Canal Beta fica com as atualizações mais próximas para serem enviadas ao usuário final.

Os recursos serão lançados em fevereiro, incluindo suporte a aplicativos Android, alterações na barra de tarefas e mudança no visual do Bloco de Notas e Media Player. A Microsoft planeja fornecer aos usuários que utilizam a versão de testes uma janela na qual possam alternar entre o que está sendo desenvolvido e o que está próximo a ser lançado para evitar futuras confusões entre os dois modos.

Bug já foi detectado por usuários

Um bug foi identificado e relatado nos fóruns de suporte ainda durante as fases de teste do sistema. O problema reduzia a velocidade de leituras de SSDs a menos da metade. Ele será solucionado com uma patch opcional do Windows 11.

A build 22000.469 tinha sido liberada ainda com o problema que limitava velocidades não sequenciais de SSDs SATA e NVMe para usuários testes e com o patch opcional KB5008353 finalmente foi solucionado.

publicidade

A documentação oficial da atualização diz ter corrigido “um problema de regressão de desempenho que ocorre quando usuário habilita o diário USN (número da sequência de atualizações)”, sem entrar em mais detalhes referentes a SSDs.

O patch opcional também resolveu diversos bugs envolvendo a barra de tarefas e problemas de desempenho durante buscas e seleção de arquivos no File Explorer.

Leia também: Microsoft mostra seu Windows 11

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar