Advance Wars 1+2: Nintendo adia jogo de guerra em respeito aos ucranianos

O conflito entre Rússia e Ucrânia mais uma vez repercute na indústria gamer. O jogo Advance Wars 1+2: Re-boot Camp, da Nintendo, que seria lançado no dia 8 de Abril, precisou ser adiado conforme comunicado pela empresa.

publicidade
Nintendo adia reboot de Advance Wars por causa de guerra na Ucrânia
Advance Wars 1+2 (Imagem: Divulgação | Nintendo)

 

O game é uma coleção com os remakes de Advance Wars e sua sequência Advance Wars: Black Hole Rising para Nintendo Switch. O jogo de estratégia é apresentado em um campo de batalha, no qual você deve mover suas tropas para derrotar os inimigos. 

publicidade

Embora os jogos tenham exércitos, tanques e representações de guerra, o estilo de arte é colorido e vibrante, tornando-o mais acessível, especialmente para o público mais jovem.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

“À luz dos recentes eventos mundiais, tomamos a decisão de adiar Advance Wars 1+2: Re-Boot Camp, que estava originalmente programado para ser lançado no Nintendo Switch em 8 de abril. Por favor, fique atento para atualizações em uma nova data de lançamento”, declarou a fabricante japonesa.

Advance Wars 1+2: Re-boot Camp

Os personagens principais são Andy, Max e Sami, cada um com suas próprias habilidades, como Andy que pode reparar unidades no campo de batalha.

publicidade

Nos remakes, é esperado um visual repaginado com uma trilha sonora atualizada e melhorias na qualidade gráfica, visto que o jogo faz parte do Game Boy Advanced (GBA).

A Intelligent Systems foi a equipe que desenvolveu os dois primeiros jogos para GBA e a WayForward está encarregada do Advance Wars 1+2: Re-Boot Camp.

O trailer mostra novos visuais e sons, juntamente com imagens de jogabilidade. A data de lançamento de 3 de dezembro de 2021 está desatualizada.

Trailer oficial

Gameplay

Assista a gameplay oficial do reboot para ter uma ideia do que o aguarda no game.

publicidade

Atrasos e preocupações com desenvolvimento dos jogos

O atraso provavelmente não causará um dano significativo ao Switch, que já tem uma boa lista de jogos programados para 2022. Kirby and the Forgotten Land chega no próximo dia 25 e Pokémon Scarlet e Violet no final do ano.

A falta de data de lançamento por parte da Nintendo é preocupante, o que nos trás algumas dúvidas sobre se houve problemas durante seu ciclo de desenvolvimento. 

Metroid Prime 4 teve um destino semelhante, sendo descartado após meses de desenvolvimento e repassado para outro estúdio reconstruir do zero.

Além do mais, a decisão de adiar o jogo pode interferir na programação de lançamento de outras empresas, evitando temas militares devido ao momento sensível entre Rússia e Ucrânia. 

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar