App “Meu INSS” volta a fazer agendamento para atendimento presencial

O Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) voltou a fazer agendamento para atendimento presencial por todo o país pelas plataformas digitais – sobretudo pelo aplicativo Meu INSS. O serviço havia sido suspenso devido à quantidade enorme de casos de Covid-19.  As ferramentas para realizar a operação são diversas.

publicidade
Foto: Divulgação

A partir de agora, as pessoas que precisarem do serviço poderão fazer a marcação de um atendimento presencial através do site, aplicativo ou do telefone 135. A mudança entrou em vigor nesta segunda-feira (14).

Estamos reestruturando o nosso atendimento. A partir de agora, todos os serviços prestados pelo INSS já estão disponíveis para agendamento prévio pelo segurado. A partir de abril, as agências do INSS voltarão a atender a demanda espontânea. E quem deverá ser atendido na demanda espontânea? O cidadão que não tem acesso ao Meu INSS e também tem dificuldade de ligar para o 135. Aquele que não tem acesso e tem dificuldade, pode procurar uma agência da Previdência”, explicou o Presidente do INSS, José Carlos Oliveira.

publicidade

Junto com o INSS, as agências da Previdência Social também reativaram o agendamento para atendimento presencial – mas apenas para casos excepcionais, onde a pessoa não tenha acesso à internet ou a um celular.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Neste caso, a pessoa poderá agendar presencialmente sua consulta e / ou tirar dúvidas.

Meu INSS: Atendimento de forma digital permanece ativo

Vale lembrar que o aplicativo Meu INSS, que está disponível tanto para Android, quanto para iOS, e ainda disponibiliza mais de 90 serviços totalmente digitais e sem sair de casa, enviando a documentação necessária digitalizada, escaneada ou fotografada pelo celular.

publicidade

Por ele, é possível solicitar o pedido e acompanhamento de aposentadorias, benefício assistencial e pensão por morte, pedido do salário maternidade, de auxílio-doença, consulta à revisão do benefício, pedido de recurso de benefício, e certidão de tempo de contribuição, entre outros.

Volta à normalidade

A volta de serviços presenciais pode ser um indício também de volta à normalidade, ou pelo menos de uma tentativa, por parte das instituições que passaram a funcionar de forma semi ou totalmente digital nesse período de pandemia.

Isso também garante uma acessibilidade maior para pessoas que não são tão familiarizadas com a internet, já que podem agora também tirar dúvidas pessoalmente, sem precisar fazer um agendamento prévio.

O atendimento presencial havia sido restringido desde 2020 com o intuito de evitar aglomerações, ficando apenas disponível em serviços que não podiam ser feitos de nenhuma outra maneira, como perícias médicas, e reabilitação profissional.

publicidade

Mas agora, com o avanço da vacinação contra o coronavírus, os serviços começam a ser instaurados gradualmente.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar