Apple TV Plus é o primeiro streaming a ganhar Oscar de melhor filme

O filme CODA se consolidou como a primeira produção de um serviço de streaming a conquistar a cobiçada estatueta do Oscar. Vencedor da categoria de Melhor Filme, o longa representa o crescimento e evolução das plataformas de streaming, como da Apple TV Plus, Netflix e Amazon.

publicidade
(Imagem: Reprodução/CODA)

Neste caso, o destaque vai para o Apple TV Plus, produtor do filme e que ganhou o devido reconhecimento na cerimônia de premiação mais aguardada e prestigiada de toda a Hollywood e do mundo. O vencedor da categoria de Melhor Filme conta a história de Ruby Rossi, interpretada por Emilia Jones, que é o único membro ouvinte de uma família em que todos são surdos.

A trama é retratada pela tentativa de Ruby em explorar uma vida distante da própria família e, é a partir de então que a história se desenvolve. A Apple TV Plus adquiriu os direitos de CODA pela bagatela de US$ 25 milhões, durante uma disputa de lances após a estreia no Festival de Cinema de Sundance em 2021.

publicidade

Além de conquistar o prêmio de Melhor Filme, o ator Troy Kotsur também foi premiado como o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante pelo papel no filme. O diretor do longa, Siân Heder, também conquistou uma estatueta na categoria de Melhor Roteiro Adaptado.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Vale destacar que Kotsur é o primeiro ator surdo a ganhar um Oscar pela atuação desde 1986, ano em que a co-estrela de CODA, Marlee Matlin, ganhou o prêmio por ‘Melhor Atriz’ no papel interpretado no filme, Filhos de um Deus Menor. Lembrando que, esta não é a primeira vez que os serviços de streaming receberam indicações ao Oscar, sobretudo na categoria de ‘Melhor Filme’. 

Apple TV Plus, Amazon e Netflix ganham terreno

A novidade é que, esta é a primeira vez que uma dessas produções conquista o principal prêmio da noite. A primeira indicação foi assegurada pela Amazon, também na categoria de Melhor Filme pelo longa Manchester by the Sea, no ano de 2017. Mas na ocasião, perdeu a estatueta para Moonlight. 

publicidade

Enquanto isso, a Netflix viu várias de suas produções serem indicadas a Melhor Filme, como: Roma, O Irlandês, História de um Casamento, Mank, O Julgamento do Chicago 7, Don’t Look Up e The Power Dog.

A Netflix foi a plataforma de streaming que mais recebeu indicações ao Oscar. Um total de 27 até agora, tendo conquistado um prêmio apenas na categoria de Melhor Diretor por O poder do Cão, de Jane Campion. 

De acordo com a apuração feita pela Variety, a Apple TV Plus fez um investimento na margem de US$ 10 milhões na campanha do Oscar, exclusivamente para a divulgação de CODA. O montante é superior a todo o orçamento da produção do longo considerado um “filme profundamente bonito e que celebra nossas diferenças”, segundo o CEO da marca, Tim Cook. 

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar