Astronauta da NASA manda indireta para Putin após voltar à Terra

Após retornar à Terra na última quarta-feira (30), o astronauta norte-americano da NASA, Mark Vande Hei, se manifestou a respeito da guerra entre a Rússia e a Ucrânia. Já em solo terrestre, ele disse não ter certeza em relação a fazer uma visita à Rússia. 

publicidade
Astronauta da NASA manda indireta para Putin após voltar à Terra
Astronauta da NASA manda indireta para Putin após voltar à Terra. (Imagem: Divulgação/NASA)

O astronauta chegou à Terra após a nave Soyus pousar no Cazaquistão. Ele veio em companhia de dois cosmonautas russos, Anton Shkaplerov e Pyot Dubrov. Os três astronautas permaneceram juntos na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), retornando em uma nave da Roscosmos, agência espacial da Rússia. 

O curioso é que esta carona na espaçonave russa aconteceu justamente em meio ao conflito militar do qual os Estados Unidos da América (EUA) tomou partido, causando uma tensão ainda maior junto ao governo russo.

publicidade

O astronauta Vande Hei e Dubrov permaneceram no espaço por 355 dias, enquanto Shkaplerov já estava na estação, completando 708 dias quando retornou à Terra.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Agora, os três astronautas serão submetidos a uma série de exames médicos de rotina, embora todos aparentam estar com a saúde em boas condições. O norte-americano Vande Hei voltará para Houston, nos EUA, enquanto os dois russos voltarão para a base de Star City, situada na região de Moscou. 

A NASA confirmou que o coronel aposentado do Exército dos EUA poderia pegar uma carona de volta à terra na espaçonave russa apenas no início do mês de março. Os 355 dias em que Vande Hei permaneceu em órbita consolidou o voo espacial mais longo na história de um astronauta dos EUA. 

publicidade

Recadinho para Putin

Até então, o recorde anterior era de Mark Kelly em 2013, que ficou 340 dias no espaço. O astronauta norte-americano declarou ter evitado o tema Rússia e Ucrânia enquanto os três profissionais estavam no espaço. Inclusive, o russo Shkaplerov afirmou que o trio não enfrentou nenhum problema em órbita, sobretudo em relação ao conflito entre os países. 

“Em órbita somos uma tripulação. Acho que a ISS é um símbolo de amizade e cooperação, como símbolo da futura exploração do espaço”, disse Shkaplerov. 

Ao todo, Vande Hei passou 523 dias no espaço como astronauta da NASA, já tendo viajado mais de 150 milhões de milhas em sua viagem recorde, o equivalente a 312 viagens à lua e de volta. O norte-americano também circulou o planeta cerca de 5.680 vezes. 

De acordo com a NASA, Hei afirmou ter se concentrado em pesquisas científicas, incluindo plantas e ciências físicas enquanto estava na ISS. A agência espacial ainda pontuou que a missão de Mark não é um apenas nem um simples recorde, pois também tem o papel de abrir caminho para futuros exploradores humanos na Lua, Marte e vários outros planetas.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Veja mais ›
Fechar