Carro elétrico da Mercedes-Benz atinge feito incrível e surpreendente

Um modelo não poluente da montadora conhecida por sua velocidade e confiabilidade bate seu próprio recorde. O carro elétrico da Mercedes-Benz percorre incrível distância com carga única.

publicidade
Modelo Vision EQXX elétrico (Imagem: Mercedes-Benz/Divulgação)
Modelo Vision EQXX elétrico (Imagem: Mercedes-Benz/Divulgação)

Luxuoso, veículo elétrico conceito alcança grande autonomia sem recarga

Em resultados de testes divulgados pela montadora, o seu veículo elétrico Vision EQXX (seu carro conceito para a categoria) alcançou marcas surpreendentes de autonomia, chegando a superar muitos dos seus concorrentes direto na luta por dominar o mercado de carros não poluentes.

Segundo as informações da fábrica Mercedes, publicadas pelo The Verge, o veículo ultrapassou a marca de mil kilômetros com apenas uma carga (sem ter “reabastecido” as baterias).

publicidade

Ao contrário do que normalmente fazem as fábricas, os testes não foram desenvolvidos em pistas próprias para resistência, mas sim em um deslocamento real que envolveu diversos países da Europa.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

O trajeto percorrido se iniciou pela Alemanha, passando por Suíça e Itália, e chegando ao ponto final na cidade de Cassis, região portuária da França, próxima a Marselha.

Com foco em autonomia, carro elétrico Mercedes-Benz não “foi devagar”

Pode parecer que sim, mas a verdade é que o carro da Mercedes fez todo o trajeto com a velocidade média de 54 milhas por hora (87 km/h). 

publicidade

A comparação dos resultados revelou que o veículo alemão alcançou mais do que o dobro de autonomia que os carros elétricos encontrados no mercado consegue consolidar em estradas.

O modelo Vision EQXX foi apresentado no início desse ano, com o objetivo de se tornar uma referência quando a durabilidade de baterias, portanto, apesar dos resultados impressionantes, o veículo foi projetado para obter números próximos aos que foram alcançados, de fato.

Dono de um design esportivo, o modelo alemão pretende disputar com os carros elétricos “mais velozes” encontrados atualmente no mercado, o Roadster da Tesla ou o Porsche Taycan, por exemplo.

Um futuro promissor para o modelo, que superou os resultados de seus próprios testes simulados com cálculos de projeção em ambiente controlado.

publicidade

As demais fábricas de automóveis que estão investindo pesado no mercado de carros elétricos, terão que correr atrás da Mercedes-Benz, se não quiserem perder “gordas” fatias de mercado ao oferecer seus veículos que possuem autonomia de, em média, 300 milhas (482,8 km).

Enquanto as disputas e testes continuam, quem tem a ganhar com isso é o consumidor, que poderá optar por substituir seu carro de combustível fóssil por um modelo elétrico sem “esquentar a cabeça” em ficar parado na estrada sem energia ou andando em um carro tão lento que parece uma “jaca velha”.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar