Como saber se tem algum aplicativo me espionando? Atualize essa configuração

Jaizon Carlos

13 de maio de 2024

Você já pesquisou por “como saber se tem algum aplicativo me espionando?“. Isso é algo comum entre usuários de smartphone que perceberam comportamentos estranhos em seus aparelhos. Neste artigo você aprenderá sobre segurança e políticas de privacidade dos apps e configurações para restringi-los!

publicidade
Jovem de capuz com notebook e celular se perguntando se tem como saber se tem algum aplicativo me espionando
Imagem: Freepik

Tem como saber se tem algum aplicativo me espionando?

Com a tecnologia permeando quase todos os aspectos de nossas vidas, os aplicativos móveis desempenham um papel fundamental em nossa rotina.

Hoje em dia, existe um app para praticamente tudo, desde acessar uma conta bancária até marcar uma consulta no médico. E à medida que o tempo passa a tendência é que essa situação se intensifique ainda mais.

publicidade

Entretanto, ao mesmo tempo que eles oferecem conveniências, eles também representam um risco gravíssimo à nossa segurança e privacidade, uma vez que terceiros podem usá-los para ficar de olho no que fazemos quando estamos usando nossos celulares.

Ao longo deste texto exploraremos os perigos em potencial associados aos aplicativos e configurações que você pode fazer no seu aparelho para evitá-los. Inclusive, como saber se tem algum aplicativo te espionando!


Privacidade e segurança em risco, quais os perigos ao usar um aplicativo?

Quando se fala em privacidade e segurança de aplicativos, a primeira coisa que nos vêm à cabeça são os vírus e softwares maliciosos, usados por hackers para roubar nossos dados. Entretanto, esse não é o único risco para nós, usuários de smartphones.

Pessoa segurando celular com foto de cadeado
Imagem: Freepik

A verdade é que até aplicativos de empresas sérias e completamente dentro da legalidade podem representar uma ameaça para nós, caso não tomemos cuidado.

Sejam eles para dispositivos Android ou iOS, os aplicativos precisam de acesso a diversos recursos do sistema para funcionar. Embora muita gente nem ligue para isso, vários desses recursos podem ser problemáticos, principalmente quando as empresas abusam deles.

Principais problemas

Um dos principais problemas de segurança que temos hoje é a coleta excessiva de dados. A verdade é que boa parte dos apps acabam coletando muito mais do que o necessário para suas funcionalidades.

A pior parte é que esses dados podem acabar sendo usados em anúncios ou até mesmo vendidos a terceiros. E tudo isso sem o seu consentimento explícito.

Outro grave problema é o rastreamento de localização. Com a tecnologia atual, os celulares têm acesso 24 horas por dia à localização dos usuários, o que significa que, se dada permissão, qualquer aplicativo pode saber onde você está a todo momento.

E além de colocar sua privacidade em risco, isso é uma potencial ameaça à sua segurança pessoal, caso essas informações parem nas mãos de quem não deve.

Por último, temos o problema das vulnerabilidades. Mesmo não sendo aplicativos maliciosos, se não tiver um bom controle de segurança eles podem dar brechas para hackers invadirem seu aparelho.


Como saber se tem algum aplicativo me espionando?

Ter um aplicativo de olho em todos os seus passos e conversas é algo bem assustador, felizmente, é possível identificar, em alguns casos, quando situações assim acontecem.

Mulher segurando celular com cara de desconfiada
Imagem: Msgrowth no Freepik

Logo abaixo você vai conferir uma lista de sintomas que você pode identificar para saber se tem algum aplicativo te espionando;

  • Bateria descarregando rápido; 
  • Celular aquecendo;
  • Mensagens abertas;
  • Microfones e câmera ativos;
  • Travamentos ou desligamentos;
  • Uso exagerado de dados móveis.

Como esses aplicativos continuam em execução mesmo após serem fechados, é normal que eles consumam mais energia. Além disso, devido aos processos extras rodando em segundo plano, você pode notar que seu aparelho está consumindo mais memória, travando ou esquentando mais.

Em alguns celulares é possível notar quando a câmera e microfone estão ligados, mesmo quando você não está usando. O mesmo ocorre com a localização, dados móveis, etc. Se você desativa esses recursos, mas eles continuam ligados, provavelmente tem algum aplicativo que assumiu controle sobre eles.


Dicas de segurança para restringir apps no celular Android

A melhor maneira de se livrar desse tipo de situação é evitando instalar aplicativos de fora da loja oficial do seu celular e ter um bom antivírus. Mas outra coisa que você pode fazer é restringir o acesso dos aplicativos suspeitos a certos recursos do aparelho. Veja como:

  1. Depois de identificar o aplicativo suspeito, abra a gaveta de apps do seu aparelho;
    Restringir app após saber se tem algum aplicativo me espionando
    Imagem: Jaizon Carlos
  2. Aperte e segure nele até abrir o popup e toque no ícone de informações;
  3. Na próxima tela, selecione “Permissões”;
  4. Confira todos os recursos aos quais o aplicativo tem acesso e os quais não tem.

Nessa tela, você também pode alterar essas permissões, tocando nela e escolhendo se o app terá permissão àquele recurso durante o uso, se é para perguntar sempre que necessário ou se não é para permitir.

Com isso, você pode aumentar sua privacidade impedindo que certos aplicativos usem apenas as funções necessárias.

Outra dica é abrir o aplicativo de configurações do celular, navegar até “Aplicativos”, clicar nos três pontinhos no canto superior esquerdo e depois em “Gerenciar permissões”.

Como gerenciar permissões de aplicativos para saber se tem algum me espionando
Imagem: Jaizon Carlos

Neste caso, você pode filtrar os apps conforme as permissões que eles têm. Por exemplo, se você notar que seu microfone fica ligado mesmo quando não está usando, basta tocar em “Microfone” e conferir todos os aplicativos com e sem acesso a ele.

E no iPhone?

No geral, os aparelhos da Apple possuem padrões de segurança mais rigorosos e ter um bom antivírus pode ser tudo que você precisa.

Mesmo assim, você provavelmente vai querer fazer as configurações de privacidade corretamente para manter seu dispositivo seguro.

No iPhone, você só precisa abrir o aplicativo “Ajustes” e navegar até “Privacidade”. Assim como no Android, é só selecionar a categoria desejada e restringir ou liberar o acesso da maneira que você quiser.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Jogos recomendados

Jaizon Carlos
Escrito por

Jaizon Carlos

Apaixonado por tecnologia e comunicação, sou formado em Letras - Inglês e trabalho como redator de blogs desde 2021. Tenho experiência em criar conteúdo para o público online e em transformar assuntos complexos em textos claros e acessíveis.