Opinião custa emprego! Pode até falar mal do chefe, mas existem consequências na SpaceX

Funcionários da SpaceX, responsáveis por escreverem uma carta aberta com diversas reclamações do CEO Elon Musk, foram demitidos na última quinta-feira (17). A empresa, apesar de tomar uma medida drástica, teve um bom argumento para isso.

publicidade
Funcionários da SpaceX são demitidos depois de escreverem carta aberta reclamando de Elon Musk (Imagem Divulgação)
Funcionários da SpaceX são demitidos depois de escreverem carta aberta reclamando de Elon Musk (Imagem Divulgação)

Boca foi feita para falar?

O comportamento do bilionário, na visão dos colaboradores, é visto como “uma fonte frequente de distração e constrangimento para nós, principalmente nas últimas semanas”.

Segundo reportagem do The Verge, o presidente da companhia julgou o comportamento como “ativismo excessivo” e os funcionários receberam o comunicado de demissão por e-mail através de Gwynne Shotwell, presidente da SpaceX. Um dos trechos da carta escrita pelos funcionários continha:

publicidade

“Como nosso CEO e porta-voz mais proeminente, Elon é visto como o rosto da SpaceX — cada Tweet que Elon envia é uma declaração pública de fato da empresa. É fundamental deixar claro para nossas equipes e nosso potencial grupo de talentos que sua mensagem não reflete nosso trabalho, nossa missão ou nossos valores.”

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Funcionário da SpaceX disse que carta foi resultado de um mês de trabalho

Um dos colaboradores da empresa de Elon Musk, que preferiu manter a identidade anônima, revelou que a carta é o resultado de “mês de trabalho árduo dedicado e solicitação de feedback para tentar garantir que recebemos o máximo de informações possível”.

O “mês” de trabalho utilizado para confeccionar a “carta aberta” foi um dos motivos utilizados pela SpaceX na justificativa para o desligamento dos envolvidos, confira abaixo a íntegra.

E-mail da SpaceX enviado aos funcionários:

“Você pode ter recebido uma solicitação, não solicitada, de um pequeno grupo de funcionários da SpaceX para sua assinatura em uma ‘carta aberta’ ontem e sua participação em uma pesquisa relacionada. Com base no feedback diversificado dos funcionários, isso incomodou muitos. Ou seja, a carta, as solicitações e o processo geral fizeram com que os funcionários se sentissem desconfortáveis, intimidados e/ou zangados porque os pressionou a assinar algo que não refletia suas opiniões. Os funcionários também reclamaram que isso interferiu em sua capacidade de se concentrar e fazer seu trabalho. Temos 3 lançamentos dentro de 37 horas para satélites críticos neste fim de semana, temos que apoiar os astronautas que entregaremos à ISS e levar a carga Dragon de volta ao voo pronto, e após receber a aprovação ambiental no início desta semana, estamos à beira da primeira tentativa de lançamento orbital de Starship.

Solicitamos e esperamos que nossos funcionários relatem todas as preocupações à sua liderança, gerência sênior, RH ou Jurídico. Mas, cobrir milhares de pessoas em toda a empresa com repetidos e-mails não solicitados e pedir que assinem cartas e preencham pesquisas não patrocinadas durante o dia de trabalho é inaceitável, vai contra nossa política de manuais documentados e não mostra o forte julgamento necessário para trabalhar neste desafiador setor de transporte espacial. Realizamos uma investigação e demitimos vários funcionários envolvidos.

Lamento esta distração. Por favor, mantenha o foco na missão SpaceX e use seu tempo no trabalho para fazer o seu melhor trabalho. É assim que chegaremos a Marte.”

publicidade

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar