A Apple não é perfeita! Você conhece os produtos que não deram certo e trouxeram prejuízos?

Desde que a Apple lançou seu primeiro produto, em 1976, a empresa construiu ao longo das décadas sua reputação inovando, criando tecnologias e se tornando uma referência mundial.

publicidade
Conheça 3 produtos da Apple que não deram muito certo (Imagem: Chris Nagahama on Unsplash)
Conheça 3 produtos da Apple que não deram muito certo (Imagem: Chris Nagahama on Unsplash)

Entretanto, mesmo sendo a marca tecnológica mais famosa do mundo, ela não é isenta de erros e alguns de seus lançamentos foram um verdadeiro vexame para a companhia.

O Bit Magazine selecionou três deles para você conhecer. Confira:

publicidade

Apple Newton

Lançado em 1993, o computador portátil de bolso chamado Newton MessagePad, foi o primeiro a ser chamado assistente digital pessoal (a antiga “agenda eletrônica” com um toque do que futuramente seriam os smartphones), com uma tela sensível ao toque e uma caneta de plástico.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

A Apple batalhou para encontrar um chip versátil e com um investimento de US$ 3 milhões contratou a empresa britânica Acorn RISC Machine para verificar o seu chip.

Juntas, as empresas criaram a CPU ARM610 que alimentaria o Apple Newton, e os chips baseados em ARM agora alimentariam mais de 100 bilhões de aparelhos, incluindo os Macs mais modernos da Apple.

publicidade

Mesmo com todos os esforços para um lançamento promissor, o Newton foi um fracasso comercial, sendo retirado do mercado por Steve Jobs em 1998.

Apple Pippin

Lançado em 1994, o primeiro videogame produzido pela empresa foi uma tentativa de expandir no mercado multimídia dos games. A Bandai evoluiu o protótipo “Pippin Power Player” da Apple para o console de jogos Pippin Atmark no Japão e Pippin @World, nos Estados Unidos.

Com um processador PowerPC 603 de 32 bits com 6 MB de RAM, o Pippin Atmark/@World foi um verdadeiro fracasso e alguns dos motivos listados foi o alto preço de mercado, vendido por US$ 600 na época (que era um dinheirão), além de poucos jogos atrativos onde a Nintendo e Sony já faziam muito sucesso com seus jogos.

Ping do iTunes

A mídia social de biblioteca de música foi lançada em 2010 pela Apple e no primeiro momento obteve cerca de 1 milhão de usuários nos primeiros dias de lançamento.

publicidade

Mesmo com o sucesso inicial, o Ping não deu sequência, principalmente por não ter uma integração com o Facebook e não possuir outro diferencial além de música. Dois anos depois, o projeto foi encerrado e na época Steve Jobs justificou que “o cliente votou e disse ‘isso não é algo em que eu queira colocar muita energia’”.

E a lista de produtos não para por aqui, entre outros itens da Apple que não vingaram estão o Mouse USB Apple, Macintosh do vigésimo aniversário, teclado borboleta, Macintosh TV, Apple III (ou maçã ///), Air Power, iPod Hi-Fi, entre outros.

Uma lista ampliada foi divulgada pelo Gizmodo, caso queira conferir outros exemplos.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar