Desta vez, todos ficaram surpresos com a audácia dos hackers; não existem limites para fazer vítimas

Internautas que seguem o perfil do exército britânico nas plataformas do YouTube e Twitter tiveram uma surpresa neste fim de semana. Após serem hackeadas, as contas passaram a exibir conteúdo voltado a NFTs e criptomoedas.

publicidade
Exército britânico
Hackers invadiram contas do exército britânico (Imagem: Stillness InMotion on Unsplash)

No último domingo (3), o Ministério da Defesa do Reino Unido informou haver perdido acesso às suas contas em redes sociais. Segundo o anúncio, os invasores não só haviam se apossado das contas, como as estavam usando para um esquema de golpes.

Hackers invadem contas do exército britânico

No anúncio, as autoridades afirmaram estar cientes do ataque e estavam tomando as providências necessárias para remediar a situação.

publicidade

O Exército leva a segurança da informação extremamente a sério e está resolvendo o problema”, disse a assessoria de imprensa do Ministério da Defesa no Twitter.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Os invasores fizeram uma limpa geral nas contas hackeadas. O perfil do Twitter foi completamente repaginado e passou a divulgar conteúdo sobre brindes da coleção de NFT The Possessed, levando usuários para uma página falsa.

Já a página do YouTube teve todos os seus vídeos apagados sendo transformada em um canal da Ark Invest. Os hackers então passaram a transmitir vídeos de Jack Dorsey e Elon Musk, com links que também levavam os usuários a páginas de golpes envolvendo criptomoedas.

Após recuperar as contas, o exército britânico fez um tweet pedindo desculpas pelo ocorrido:

publicidade

Pedimos desculpas pela interrupção temporária do nosso feed. Conduziremos uma investigação completa e aprenderemos com este incidente. Obrigado por nos seguir e o serviço normal será retomado agora.

Ataques deste tipo são comuns

O exército britânico não foi o único a ter suas contas hackeadas dessa maneira. Há alguns meses, a conta do Twitter de um dos maiores jogadores de Super Smash Bros. Ultimate do mundo também foi invadida e usada para fazer campanhas de NFTs falsas associadas ao The Possessed.

No dia 27 de junho, o canal oficial do Flamengo no YouTube, o FlaTV, também sofreu um ataque cibernético, passando a exibir lives de Bitcoins para os seus mais de 6,5 milhões de inscritos. O clube, que também teve o conteúdo do seu perfil substituído, chegou até a brincar com a situação.

Até o hacker se liga na FlaTV, e você tá esperando o quê? Inscreva-se no maior canal de clubes das américas!”, postou o clube em seu perfil no Twitter.

publicidade

Especialistas em segurança digital dizem estar preocupados com esses ataques que estão ficando cada vez mais agressivos e frequentes.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar