Elon Musk tira o foco da confusão com Twitter e anuncia surpresas na Tesla em breve

Saindo um pouco dos holofotes judiciais, o bilionário apresenta a picape totalmente elétrica da Tesla, empresa de propriedade do Elon Musk e pode estar disponível em meados de 2023. 

publicidade
Tesla tem previsão para lançamento de cybertruck. (Imagem: Divulgação/Tesla)

Lançamentos adiados e modelo Cybertruck 

Durante uma chamada para investidores, o empresário e dono da Tesla, Elon Musk afirmou que a nova cybertruck da marca pode estar disponível para compra no “meio do ano que vem.”

Na última conferência, Elon Musk não deu uma data tão precisa quanto esta. O carro foi anunciado oficialmente pela Tesla em 2019, logo depois, a empresa atrasou a entrega para 2022 e, novamente, atrasou para 2023. 

publicidade

Entretanto, concorrentes como a Ford lançaram suas primeiras picapes elétricas, colocando ainda mais pressão na Tesla para fazer o mesmo.

Uma das características diferenciais da cybertruck da Tesla é um design bem robusto, quadrado e muito diferente do que se vê como picape no mercado atual. Lembra um modelo de videogame ou até o batmóvel (sim, o carro do Batman). 

Aparentemente, a empresa teve problemas bem concretos para conseguir desenvolver este produto e colocar o carro nas ruas. 

Em 2021, Musk anunciou em um tuíte que estava incomodado com o modelo de para-brisas originais que o protótipo tinha (um trambolho enorme que cobre toda a frente do carro, diga-se). 

publicidade

Ele até anunciou que este item era o que mais o incomoda no carro. Vídeos e fotos da picape vazaram durante o período de testes em dezembro do ano passado. 

Na ligação com os investidores, Musk não deu detalhes sobre o que a Tesla ainda precisava fazer para colocar o cybertruck na estrada.

Problemas com outros modelos da Tesla

Além do atraso com o cybertruck, a Tesla vem enfrentando algumas questões com outros veículos, caso do modelo S, X, 3 e Y, que enfrentou problemas na produção, localizada na China. 

publicidade

Uma das fábricas da empresa fica em Xangai e teve várias paralisações por conta da pandemia de Covid-19, isso foi um dos fatores de queda na produção dos carros. 

De acordo com Elon Musk, na teleconferência de resultados: “A Tesla não enfrenta problemas de demanda, na verdade, temos um problema de produção”. 

No relatório financeiro do segundo trimestre de 2022, a Tesla afirmou que está lidando com a recessão econômica vendendo Bitcoin e outras criptomoedas. Isso fez com que a empresa adicionasse quase US$ 1 bilhão em seu orçamento. 

A empresa começou a aceitar Bitcoin para pagamento dos seus veículos e investiu US$ 1,5 bilhão na criptomoeda só em 2021.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar