Elon Musk volta atrás e diz que compra do Twitter está de pé

O bilionário Elon Musk afirmou na manhã desta sexta-feira (13) que estava suspensa temporariamente a compra do Twitter, mas voltou da decisão a poucas horas do mesmo dia.

publicidade
Elon Musk (DivulgaçãO)

“O acordo (para a compra) do Twitter está temporariamente suspenso por pendências em detalhes que sustentam que contas falsas de fato representam menos de 5% dos usuários”, postou o bilionário na rede social.

Horas depois, Musk fez outro post dizendo que a compra ainda estava comprometida. Criada em 2006, a plataforma tem mais de 217 milhões de usuários mensais.

publicidade

Segundo a agência France Presse, depois dos tweets do homem mais rico do mundo, as ações da rede social caíram cerca de 20% nas negociações pré-mercado da bolsa de valores dos Estados Unidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

As declarações do empresário causaram um alvoroço no mercado

Desde que o presidente executivo da Tesla e da SpaceX anunciou a compra do Twitter por US$ 44 bilhões, cerca de R$ 215 bilhões, no final do mês passado, somente com a aquisição de 9,2% (para comparação, o cofundador Jack Dorsey tinha apenas 2% das ações), as ações do Twitter subiram mais de 25% no pré-mercado, de acordo com a CNBC. A Dogecoin, criptomoeda adotada pelo bilionário, aumentou em 19% para US$ 0.017 em 24 horas.

Nesta sexta-feira (13) a companhia comunicou também a demissão de dois grandes funcionários das áreas de consumo e receitas, além de anunciar uma pausa nas contratações e uma revisão nas vagas em aberto.

publicidade

Trata-se do chefe da divisão de consumo do Twitter, Kayvon Beykpour, que está na empresa há 7 anos, que publicou um tweet confirmando sua demissão e alegando que está de licença paternidade.

E o segundo é Bruce Falck, chefe da divisão de receita, que ficou na empresa por 5 anos, também postou em sua rede social sobre a demissão.

O CEO Parag Agrawall confirmou o desligamento e disse que o Twitter não obteve as metas de crescimento que eram esperadas e nem a receita que foi estabelecida em 2020. Entretanto, um dos chefes demitidos postou um tweet dizendo que todas as metas foram cumpridas e que tudo estava registrado.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar