Fundador do Twitter revela por que Elon Musk vai salvar rede social

A compra de uma das redes sociais mais influentes do mundo, o Twitter, pelo CEO das empresas  Tesla e SpaceX, Elon Musk, divide a internet e principalmente os usuários da própria rede social. 

publicidade
Elon Musk Twitter
Imagem: Wikimedia Commons

Alguns contra, outros a favor, todo mundo parece ter uma opinião já formada sobre o assunto – incluindo um dos fundadores do Twitter, Jack Dorsey, que em seu próprio perfil se pronunciou revelando os motivos pelos quais acredita que o empresário vai salvar a rede social.

Os comentários de Jack vêm horas após a confirmação de que o microblog havia resolvido aceitar a proposta de Elon. Na mesma ocasião, Musk, um dos homens mais ricos do mundo, comentou pretender fechar o capital da rede social, mas que por fim, tudo que ele fizer é para melhorar o funcionamento da mesma.

publicidade

Tornar o Twitter melhor do que nunca, aprimorando o produto com novos recursos, tornando os algoritmos de código aberto para aumentar a confiança, derrotando os bots de spam e autenticando todos os humanos (…) O Twitter tem um tremendo potencial – estou ansioso para trabalhar com a empresa e a comunidade de usuários para destravá-lo”, disse Musk.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Por que Dorsey acredita que Musk vai salvar o Twitter?

As postagens do co-fundador do Twitter, Dorsey, começam com o compartilhamento de uma música do grupo Radiohead, intitulada “Everything In Its Right Place” (“Tudo está no seu Devido Lugar”, traduzindo para o português).

A partir daí, Jack já começa repostando essa música, culminando em um texto que representa suas ideias sobre a plataforma, como ela deveria ser e o papel de Elon Musk nela.

O Twitter é a coisa mais próxima que temos de uma consciência global”, disse ele.

publicidade

Dorsey comenta sobre os problemas existentes devido ao fato de Wall Street ter sido dona do Twitter – inclusive o modelo de anúncios que tomou conta da plataforma. Para ele, tirar o Twitter das mãos do maior mercado financeiro do mundo é o primeiro passo para a rede social ideal que o microblog pode chegar a ser.

O co-fundador diz que a plataforma não deveria nem ter um dono, ou alguém que tivesse o poder de comandá-la, mas já que esse não é o caso. Ele aposta suas fichas em Musk.

Em princípio, não acredito que ninguém deva possuir ou administrar o Twitter. Ela quer ser um bem público em nível de protocolo, não uma empresa. Resolvendo o problema de ser uma empresa, no entanto, Elon é a solução singular em que confio. Confio em sua missão de estender a luz da consciência”, disse ele.

Na última postagem que Dorsey fez sobre o assunto — até o momento de escrita deste artigo e seguindo essa sequência mencionada que começou aqui — ele expressou seu contentamento sobre a maneira como ele acha que o Twitter vai funcionar daqui pra frente.

publicidade

Estou tão feliz que o Twitter continuará a servir a conversa pública. Ao redor do mundo, e nas estrelas!

É certamente interessante ver como uma figura tão marcante na história do Twitter, um de seus próprios fundadores, enxerga esse novo momento pelo qual a companhia passa. E mais ainda seu suporte ao Elon Musk que vem recebendo críticas duras sobre seu comportamento perante a plataforma nesses últimos meses.

E você? Concorda com Jack Dorsey a respeito dessa história toda?

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar