Globo usa o BBB 2022 para popularizar o Metaverso e promove experiência inédita

Agora é que o Metaverso se popularizou de vez no Brasil.  O reality show mais famoso do país proporcionou uma experiência completamente diferente de tudo já mostrado na TV brasileira até agora. O BBB 2022 entrou de vez na tecnologia – ou pelo menos tentou, quando o diretor Boninho sugeriu uma dinâmica tecnológica especial para os participantes da casa.

publicidade
BBB 2022 no Metaverso
“Metaverso” do BBB22 (Imagem: Reprodução / @tvglobo via Twitter)

Durante a explicação, o diretor do programa explicou sobre a tecnologia e como ela seria integrada à grade de programação da TV Globo ainda esse ano, mencionando a brincadeira que seria feita. O vencedor da “prova” foi Arthur Aguiar, que como prêmio recebeu a oportunidade de interagir com o metaverso do BBB, com direito a um acompanhante. Arthur acabou levando Paulo André.

A gente tá montando um sistema e você vai poder convidar uma pessoa para poder ir junto com você. Ainda aqui no ‘Big’, a gente vai te levar para um outro ambiente, e você vai viajar pra um outro mundo completamente diferente (…) É muito legal. Eu vi a experiência. É a coisa mais louca do mundo. E… é o futuro!”, explicou Boninho.

publicidade

BBB 2022 no Metaverso?

Embora a experiência tenha sido bem divertida e interessante, a emissora parece ter se equivocado um pouquinho ao clamar que estariam dentro de um “metaverso”. O que deu espaço para críticas de algumas pessoas mais entendidas no assunto. Como foi o caso da página do Twitter BrasilNFT.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

O fato é que, não desmerecendo a iniciativa, os participantes do programa, pelo menos no que foi mostrado no vídeo pela página da própria emissora, participaram do que mais se assemelha a um jogo em realidade virtual, falhando miseravelmente no conceito mencionado.

Mas então o que é metaverso e qual sua relação com a realidade virtual?

Metaverso é um conceito muito mais complicado do que um simples jogo, embora muitas pessoas estejam fazendo essa associação errônea. O conjunto de tecnologias que é considerado o “futuro da internet” visa a criação, ou replicação, do mundo material dentro do universo digital.

publicidade

Isso quer dizer que os mesmos serviços presentes no mundo físico estariam disponíveis dentro do mundo virtual. Seria então possível até mesmo trabalhar dentro do metaverso. 

É aí que tecnologias como redes sociais, realidade aumentada / virtual e até mesmo hologramas entraram na jogada. Eles serviriam apenas como uma interface, uma maneira de acessar o metaverso.

Então o que a Globo fez foi inútil?

Não, muito pelo contrário, a hype que a emissora colocou na tecnologia, mesmo não a utilizando de fato, abre várias portas para a utilização da mesma em outros programas da emissora – e até de outras emissoras, podendo chegar até a ser o início de uma nova forma de se fazer TV.

Já imaginou participar de uma prova do líder aí de sua casa ajudando os participantes ou indo ao vivo a um programa de entrevistas “lado a lado” com seu artista favorito? Toda essa possibilidade de interação pode revolucionar o mercado, e foi a Globo que começou isso por aqui.

publicidade

E você? Já teve alguma experiência com o metaverso?

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar