Astronautas dos EUA e Rússia retornarão juntos à Terra

Apesar das tensões geopolíticas sobre as invasões russas da Ucrânia, que afetaram a cooperação espacial entre os EUA e a Rússia, um grupo de astronautas da Estação Espacial Internacional – ISS (um americano e dois russos) vão retornar à Terra juntos conforme planejado anteriormente, mantendo os planos feitos pela NASA.

publicidade
Foto: Divulgação

Mark Vande Hei, da NASA, e os cosmonautas Pyotr Dubrov e Anton Shkaplerov, da Rússia, estão programados para voltar para casa a bordo de uma espaçonave russa Soyuz, em 30 de março.

Posso dizer com certeza: Mark está voltando para casa naquela Soyuz“, disse Joel Montalbano, gerente do programa ISS da NASA, durante uma entrevista coletiva. “Estamos em comunicação com nossos colegas russos; não há confusão nisso.

publicidade

Montalbano acrescentou que o evento de 30 de março prosseguirá como outros retornos da Soyuz, e os astronautas Vande Hei, Dubrov e Shkaplerov pousarão nas estepes do Cazaquistão, informou o Space.com.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Problemas em solo não afetam os trabalhos de astronautas

A guerra que começou em 24 de fevereiro estimulou os EUA e outras nações a impor novas sanções econômicas à Rússia. As medidas levaram a algumas especulações de que o programa da ISS, no qual o país é um parceiro-chave, também poderia estar com problemas.

Montalbano, contudo, disse que o laboratório orbital está operando como de costume, apesar dos problemas no solo, segundo o relatório.

publicidade

Não estamos vendo nenhum impacto do que está acontecendo ao nosso redor“, disse ele. “Estamos cientes do que está acontecendo, mas podemos fazer nosso trabalho para continuar as operações.

O gerente também disse que a invasão não comprometeu o moral ou o profissionalismo entre os sete astronautas – quatro americanos, dois russos e um alemão – que atualmente vivem na estação.

Eles continuam operando, você sabe, acima de todo esse trabalho, e realmente não há tensão com a equipe“, disse Montalbano. “Eles foram treinados para fazer um trabalho e estão lá em cima fazendo esse trabalho.

Ele também enfatizou que a Estação Espacial Internacional e seus vários sistemas foram projetados para serem altamente interdependentes, de modo que não seria fácil substituir os trabalhos realizados por um parceiro importante, caso alguém optasse por sair.

publicidade

Assim, devido as grandes dificuldades em colocar e tirar os astronautas do espaço, essa janela de oportunidade foi mantida (colocando a segurança e as vidas humanas antes dos conflitos e interesses políticos).

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar