Instagram terá ferramenta para ajudar pais a vigiar filhos

A proprietária do Facebook, Meta Platforms, permitirá que os pais acompanhem quanto tempo seus filhos passam no Instagram e o que eles fazem por lá. Em breve, a empresa lançará recursos que essa supervisão dos pais seja facilitada, informou a empresa nos últimos dias.

publicidade
Usuário entrando no Instagram pelo celular (Imagem: Solen Feyissa/Unsplash)
(Imagem: Solen Feyissa/Unsplash)

Os novos controles para os pais fazem parte da promessa da Meta de proteger as crianças que fazem uso dos seus aplicativos de mídia social, depois que um denunciante do Facebook vazou documentos internos que mostravam preocupações sobre o uso do Instagram e dos problemas que ele pode gerar para alguns adolescentes.

O grande alarde levou Adam Mosseri, chefe do Instagram, a testemunhar perante o Congresso em dezembro, onde foi questionado sobre a segurança das crianças que estivessem online no Instagram e nas outras redes sociais da Meta, como o Facebook.

publicidade

Pais poderão limitar tempo de uso diário do Instagram

As ferramentas de supervisão do Instagram estarão disponíveis nos Estados Unidos a partir dos próximos dias e serão lançadas globalmente nos próximos meses. Assim, os pais poderão ver quais contas seus filhos seguem e também definir os limites de quanto tempo seus filhos vão poder passar dentro do aplicativo.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Além disso, em maio, a Meta lançará um painel que inclui ferramentas de supervisão para seus fones de ouvido Quest e vai bloquear automaticamente os adolescentes que quiserem baixar aplicativos impróprios para a sua idade dentro da Quest.

A supervisão dos pais no Instagram e na Quest exigirá o consentimento dos adolescentes, disse Meta em uma postagem no seu blog. A empresa acrescentou que planeja eventualmente permitir que os pais supervisionem as atividades de seus filhos em todos os serviços da Meta a partir de um local único, um tipo de central de controle.

publicidade
Controle do Instagram
Controle no Instagram (Imagem: Divulgação/Meta)

Como manter seus filhos seguros usando Instagram e as mídias sociais?

A Meta e as suas redes estão passando por mudanças, mas se você quer saber como proteger seus filhos na internet, veja abaixo algumas dicas:

  • Saiba mais sobre os programas e aplicativos que seu filho está usando. Algumas plataformas de mídia social têm restrições de idade para participar, mas é fácil para as crianças contornarem isso.
  • Mostre interesse na vida online do seu filho e faça perguntas.
  • Sempre que possível, mantenha tablets e computadores em áreas comuns onde você possa assistir enquanto seu filho os usa.
  • Obtenha proteção familiar online. Programas que fornecem controle dos pais podem bloquear sites, impor limites de tempo, monitorar os sites que seu filho visita e suas conversas online.
  • Siga as contas online do seu filho e diga que você está monitorando a atividade online dele para ajudar a mantê-lo seguro. Algumas crianças ou adolescentes podem criar uma segunda conta falsa para seus pais seguirem.
  • Pergunte sobre as pessoas que eles “conhecem” online. Mostrar interesse genuíno os ajudará a se sentirem à vontade para falar sobre isso. Explique que é fácil para alguém na internet fingir ser alguém que não é.
  • Fale sobre a importância de manter amizades online no mundo online. Deixe claro que, se seu filho quiser conhecer um amigo online pessoalmente, deve ser em um local público e com um adulto de confiança.
  • Discuta o que é certo e seguro postar online e o que não é. Postagens online ficam online para sempre. Como regra geral, seu filho não deve postar nada que não queira que um pai ou professor veja ou leia.
  • As pessoas nem sempre podem controlar o que os outros postam sobre elas. Explique que as informações e fotos encontradas online podem aparecer novamente anos depois.
  • Explique que a correção automática às vezes pode levar a falhas de comunicação e mágoas.
  • Alguns adolescentes podem tentar encontrar encontros ou parceiros sexuais em sites de namoro. Converse com eles sobre como encontrar relacionamentos saudáveis ​​e seguros.

E quanto aos limites?

  • Modele o bom comportamento em suas próprias contas de mídia social.
  • Defina limites de tempo de tela  e defina regras sobre quando as telas são apropriadas para uso.
  • Ensine ao seu filho o valor de “desconectar” dos dispositivos para ter tempo livre de tecnologia. A mídia social pode ser emocionante, mas deve ser considerada entretenimento. Lembre seu filho que nenhuma mensagem é tão importante que não possa esperar até a manhã seguinte.
  • Tenha em mente que algumas crianças têm “raias” com amigos online, o que significa que elas enviam mensagens diariamente para manter uma sequência. Perder os privilégios do smartphone ou da mídia social pode desencadear estresse e ansiedade se eles não conseguirem manter suas “faixas”.
publicidade

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar