iOS 16: fotos serão ainda mais protegidas em update do iPhone

Há um tempo que o iPhone oculta algumas imagens na galeria. Mas se você quer ainda mais segurança com suas fotos, na nova atualização da Apple com o iOS 16, você poderá acessá-las por Face ID ou por Touch ID.

publicidade
Foto: Divulgação

É isso o que afirma o comunicado da Apple: o novo recurso irá tornar os álbuns ocultos e excluídos recentemente em fotos muito mais privados.

Agora não será necessário recorrer a aplicativos de terceiros para proteção

publicidade

Na atualização anterior, o iOS 15 deixava estes álbuns um pouco mais difíceis de serem encontrados, mas não estavam com nenhuma outra proteção além dessa dificuldade.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Apple visionária

Isso significa que, se uma pessoa qualquer tiver acesso ao iPhone, mesmo que demorasse a achar, seria mais fácil de encontrar fotos escondidas, se soubesse como procurar – isso coloca em cheque a funcionalidade do álbum secreto.

Essa é a grande mudança do iOS 16 na questão de proteção de fotos.
No comunicado da Apple, mostram que a configuração é alterada para proteger os álbuns ocultos e fotos excluidas agora com a possibilidade de colocar senha, Face ID e biometria.

publicidade

A Apple anunciou que: “Os ‘álbuns secretos’ e ‘excluídos recentemente’ são bloqueados por padrão e podem ser desbloqueados usando o método de autenticação do iPhone: Face ID, Touch ID ou a sua senha”.

Nudes?

É um grande alívio para quem tira nudes e quer garantir que as fotos não vaze. Além de quê, o celular é um grande arsenal de documentos importantes, fazendo com que a proteção seja algo extremamente importante.

Outra novidade é que será possível entrar no celular com o reconhecimento facial pela horizontal. Porém, a Apple afirmou que não serão todos os iPhones que terão a atualização do iOS 16.

Até agora, sabe-se que os modelos de iPhone 6, 7 e SE não terão acesso às modificações feitas pela nova atualização.

publicidade

Outras funcionalidades

Além disso, outra funcionalidade que será atualizada é o copia e cola entre aplicativos (que já é possível desde o iOS 14, avisando quando um app acessa a área de transferência).

Agora, o incremento é: o copia e cola poderá ser feito entre os apps com a autorização do proprietário do celular.

Segundo a Apple, “os aplicativos precisam de sua permissão antes de acessar a área de trabalho para colar conteúdo de outro aplicativo”.

Uma outra ferramenta extremamente importantes é o Safety Check, que visa proteger pessoas em relacionamentos abusivos, permitindo que revoguem o acesso a informações compartilhadas com outras pessoas.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

 

Veja mais ›
Fechar