“Isto desaparecerá em 5s”: Gmail tem um botão secreto de ‘autodestruição’

Não sei por qual motivo, mas isso me faz lembrar constantemente dos filmes da série “Missão Impossível”. O Gmail tem um botão secreto de “autodestruição” como nas obras de ficção com o tema de espionagem.

publicidade
Usuário acessando o Gmail pelo smartphone (Imagem: Yogas Design/Unsplash)
Proteção serve para evitar acesso a dados sem que o usuário esteja “ativo” (Imagem: Yogas Design/Unsplash)

Por proteção além do último suspiro, Gmail tem um botão secreto de ‘autodestruição’

Pode até parecer estranho, um tanto quanto mórbido, mas esse é o motivo por trás do botão secreto de “autodestruição” do Gmail, ter a possibilidade de apagar todos os registros de e-mail após a morte.

Pense comigo: não serviria como nenhuma homenagem, ou qualquer outra função — salvo em suspeita de morte por crime — a manutenção dos registros eletrônicos de uma pessoa falecida. 

publicidade

Então, parece que o Gmail já imaginou essa possível “vontade póstuma” de preservação da confidencialidade de intimidade por parte do morto, segundo a matéria do jornal britânico The Sun

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Não é restrito à morte e pode ser usado em casos de inatividade prolongada

A ligação direta com o óbito é fácil de entender: se o objetivo é destruir dados íntimos após o registro de um grande período de inatividade, a morte do dono da conta é simplesmente um raciocínio prático — nunca vi morto enviar e-mail ou consultar mensagens antigas.

O nome oficial da ferramenta é Gerente de Conta Inativa, sendo perfeitamente configurável pelo usuário do Gmail a qualquer momento que desejar. É uma prevenção contra deixar “registros” que não precisam, ou não devem ser consultados, caso o dono deixe de ter acesso por qualquer motivo.

publicidade

Porém, deixemos bem claro: a função não previne acesso aos dados nos casos de atividade hacker, principalmente se o criminoso tiver o controle sobre seu e-mail secundário. A situação permitiria que ele alterasse todas as configurações feitas anteriormente ou fizesse a extração silenciosa das mensagens, agora sim, logo após a morte do “usuário original”.

Configuração simplificada

Para ativar essa ferramenta do Gmail, basta acessar a página do Gerente de Conta Inativa, pressionar iniciar e seguir as informações da tela, decidindo qual o tempo o Google deve aguardar até destruir todos os dados do seu e-mail. 

Página do Gerente de Conta Inativa do Gmail (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)
Página para iniciar a configuração (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

O segundo momento é a possibilidade de indicar pessoas para receber acesso aos dados após o tempo determinado ter passado, escolhendo dar acesso ou não para “pessoas de confiança”. 

publicidade

Fique tranquilo! Em caso de inatividade acidental, o Gmail enviará diversas notificações ao e-mail secundário e telefone registrado, quando faltar um mês para o fim do prazo.

Com tudo organizado, clique no “plano de revisão” e confirme pressionando “confirmar o plano”.   

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar