Marinha dos EUA usa laser mortal pela 1ª vez e tem surpresa

A Marinha Norte-Americana acabou de realizar com sucesso testes de uma nova arma 100% elétrica. A tecnologia testada pelos EUA usa um laser mortal de alta energia que consegue atingir alvos no ar e até mesmo no mar, como foi demonstrado no último mês de fevereiro, embora os testes só tenham sido revelados agora.

publicidade
Marinha dos EUA usa laser mortal para se defender pela 1ª vez
Marinha dos EUA usa laser mortal para se defender pela 1ª vez (Imagem: Reprodução / US Navy)

No teste, o laser foi atirado em um drone em pleno voo diretamente do convés de um navio de guerra. O laser tem um risco reduzido de criar um desastre catastrófico se comparado a uma bomba normal, isso porque é totalmente elétrico e não tem poder explosivo.

EUA usa laser mortal e derruba drone “invasor”

O teste, que teve à frente a Marinha dos EUA e a empreiteira de defesa Lockheed Martin, não foi a primeira tentativa dos Estados Unidos com armas a laser. Os militares do país já fizeram testes do tipo anteriormente, mas esses anteriores foram baseados em produtos químicos. 

publicidade

Uma das vantagens de se tornar elétrico é que o laser tem um “fornecimento teoricamente infinito de munição“, desde que o navio em que está embarcado tenha energia.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Eles apresentam capacidades transformacionais para a frota, abordando diversas ameaças e fornecendo engajamentos de precisão”, disse o contra-almirante chefe de pesquisa naval, Lorin Shelby.

O laser elétrico danificou efetivamente um drone projetado para se assemelhar a um míssil hostil durante o teste de fevereiro e a Lockheed Martin já planeja implementar as próximas versões do dispositivo com tecnologias de laser no ar, no solo e no mar.

publicidade

O LLD (Defesa a laser em camadas) é uma arma compacta e que funciona apenas com eletricidade, a tornando uma opção muito mais segura, e até mesmo econômica, de armamento, já que dispensa a necessidade de munição.

O sistema AI (Inteligência Artificial) integrado à  arma também deve fazer com que sua pontaria e tempo de resposta melhorem cada vez mais tornando o rastreamento de alvos ainda mais preciso.

A arma já está pronta para uso em campo?

A Marinha dos Estados Unidos disse não ter planos de levar o LLD a campo, pelo menos por enquanto, mas só o fato de a arma existir já deixa vários norte-americanos mais tranquilos em meio às ações militares da Rússia que tem se tornado mais e mais agressivas.

É importante ressaltar, entretanto, que a tecnologia ainda não é páreo para os mísseis hipersônicos russos, mas isso é algo que pode chegar em pouco tempo, principalmente depois da proposta de Biden para aumentar o orçamento do Departamento de Defesa do país em US $773 bilhões, em março.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Veja mais ›
Fechar