Meta é processada após ajustes de privacidade do iOS da Apple

O ano realmente começou mal para a Meta. A empresa de Mark Zuckerberg está sendo processada pela Plumbers and Steamfitters Local 60 Pension Trust depois de divulgar a perda de US$10 bilhões devido aos ajustes de privacidade do iOS da Apple. Detalhes da ação vieram à tona.

publicidade
Meta é processada por ajustes de privacidade do iOS da Apple
Mark Zuckerberg (imagem: Divulgação)

De acordo com o IndianExpress, em fevereiro a empresa apresentou seu resultado fiscal trimestral o que fez com que os investidores não ficassem nada contentes. Pela primeira vez em anos o número de usuários da plataforma estava diminuindo, fazendo a empresa perder US$200 bilhões em valor de mercado.

A acusação vem da empresa que fornece o fundo de pensão para os investidores com benefícios como aposentadoria, invalidez e morte a membros e indivíduos representados por eles. 

publicidade

Ajustes de privacidade do iOS causa, perda de US$10 bilhões

O processo que a Meta está sofrendo acontece devido às mudanças feitas no ano passado pela Apple, que exige que os fabricantes de aplicativos perguntem aos usuários se eles concordam em ser rastreados. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

A mudança de privacidade atingiu severamente os negócios do Facebook, que dependem muito dos dados do usuário para vender anúncios direcionados. 

A Meta atacou a Apple no ano passado pela mudança e alertou os investidores de que isso prejudicaria a receita publicitária.

publicidade

Os executivos não informaram aos acionistas, durante as teleconferências sobre os resultados obtidos no ano passado, que os esforços da empresa para compensar qualquer impacto financeiro não estavam funcionando.

“Em vez de serem transparentes com os investidores, os réus pintaram uma imagem falsa e enganosa dos esforços atenuantes que a Meta colocou em prática para neutralizar as mudanças no iOS e reconstruir seu modelo de negócios de publicidade”, disse o Trust em sua queixa.

Falta de transparencia por parte da Meta

A Meta assegurou falsamente aos investidores que os impactos dos ajustes de privacidade no sistema operacional iOS da Apple para iPhones “eram gerenciáveis”, para apenas sofrer uma perda de US$10 bilhões em receita de anúncios este ano por causa das mudanças, de acordo com uma ação coletiva proposta.

Meta é processada por ajustes de privacidade do iOS da Apple
Imagem: Pixabay
publicidade

Mas os investidores afirmam que os executivos só “revelaram totalmente o real problema” para o negócio de publicidade depois do anúncio de um relatório de lucros sombrio em 2 de fevereiro, que levou a uma queda sem precedentes de 27% no preço de suas ações no dia seguinte.

Os “atos e omissões injustos” da Meta levaram a um “declínio vertiginoso” em suas ações, que levou a perdas e danos significativos para os acionistas, disse o Trust em sua reclamação.

A Snap Inc., rival menor da Meta que também utiliza dados de usuários para publicidade, está enfrentando um processo semelhante de investidores que acusam a empresa de mídia social de minimizar como as mudanças no iOS iriam prejudicar sua receita publicitária.

A Meta ainda não se pronunciou sobre o processo.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar