Meteoro assusta geral em Goiás; veja agenda de eventos astronômicos

Um meteoro assustou moradores no céu de Goiás. Moradores de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis e outras cidades goianas foram surpreendidos na noite de sábado (09) quando um meteoro cruzou o céu, causando um clarão e explosões.

publicidade
Meteoro assusta moradores no céu de Goiás
Meteoro assusta moradores no céu de Goiás. (Imagem: Pixabay)

O objeto se moveu cerca de 90 quilômetros de altura, segundo Ali Martins, diretor do Grupo de Astronomia das Plêiades do Sul. A queda causou dois grandes flashes e um estrondo alto. Nas redes sociais, os moradores também afirmaram que a passagem causou um choque.

O fenômeno também tem potencial para produzir meteoritos – fragmentos menores quebrados pelo atrito com a atmosfera que conseguem atingir o solo e podem ser analisados ​​para entender a composição e até a origem dos objetos celestes.

publicidade

Algumas pessoas confundem esse fenômeno com fogos de artifício ou estrelas. Em janeiro, outro meteoro passou por Goiás. Ele apareceu em cidades como Catalunha e Goandira. Em julho passado, outro internauta avistou o meteoro enquanto fotografava o pôr do sol em Goiânia.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Meteoro, eclipses e luas cor-de-rosa: o céu de abril

Após os céus monótonos dos primeiros meses de 2022, começou a temporada de grandes eventos astronômicos. Alguns dos eventos mais esperados do ano acontecem em abril: a chuva de meteoros Lyrid e o eclipse solar, parcialmente visível da América do Sul.

publicidade

Além disso, uma linda lua cheia (conhecida como a “lua rosa”) e uma boa chance de ver Mercúrio a olho nu completam o espetáculo astronômico do mês.

Lembre-se: quanto mais alto você for, quanto mais claro for o seu horizonte, sem prédios ou luzes artificiais, melhor. Um par de binóculos ou uma câmera com boa capacidade de zoom ajudará a tornar a visualização mais interessante e produzir um registro.

16/04: Lua Cheia – “Lua Rosa”

Assista a um bom dia na lua, será 100% iluminado. A lua cheia em abril é chamada de “rosa” pelos nativos americanos porque marca o início da primavera – e no hemisfério sul, começamos o outono.

Mas isso não significa que nossas luas serão cor-de-rosa ou de qualquer outra cor; é apenas uma metáfora.

Ele nascerá após o pôr do sol, por volta das 18h – o horário exato da sua cidade pode ser encontrado no aplicativo.

E a melhor hora para vê-la é exatamente essa, a primeira hora após o nascer do sol, porque a lua pode mostrar uma bela mudança de tonalidade e parece maior devido à refração atmosférica e comparação com referências terrestres.

22/04: Chuva de meteoros Líridas

A primeira das chuvas de meteoros mais famosas do ano. Ativo entre 15 e 29 de abril, atinge o pico entre 21 e 23 de abril, e é mais intenso no hemisfério norte, onde podem ser vistos até 20 meteoros por hora.

No Brasil, o número deve ficar entre 10 e 15; quanto mais ao norte o país for, mais oportunidades para observar.

Líridas são causadas pelos restos do cometa Thatcher (C/1861 G1). Isso acontece uma vez por ano, neste momento. É quando a Terra cruza a órbita do cometa enquanto ele se move em translação ao redor do Sol, com um rastro de detritos e poeira flutuando lá.

Por quase um mês, algumas dessas partículas atingem nossa atmosfera em alta velocidade, formando belos “meteoros”.

28/04: O alongamento máximo de Mercúrio para o leste

Dos cinco planetas visíveis a olho nu, Mercúrio é o mais difícil de observar porque está tão perto do Sol que eclipsa até os telescópios mais poderosos.

Então o chamado alongamento, quando está o mais longe possível da nossa estrela, é a melhor chance.

30/04: Eclipse solar parcial

Para encerrar o mês com prosperidade, após Meteoro assustar moradores no céu de Goiás, a lua passará na frente do sol, cobrindo parte dele. Infelizmente, a maior área visível deste belo evento será sobre o Oceano Pacífico.

Esse fenômeno só é bem observado em partes da América do Sul: Chile, Argentina, Uruguai, Peru, Bolívia, Paraguai e uma pequena área do Brasil na ponta do estado do Rio Grande do Sul.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar