Novas técnicas de fraude podem acabar com suas criptomoedas

Da mesma forma que a tecnologia evolui para a proteção do usuário, novas técnicas de fraude surgem para trazer outros problemas relacionados aos blockchains. Novas modalidades de fraude podem secar as suas criptomoedas e o Bit Magazine vai te alertar sobre isso agora.

publicidade
Nubank lança serviço de compra e venda de criptomoedas
(Imagem: Pixabay)

O risco de perder todas as criptomoedas

Diversos especialistas em cibersegurança estão dando o alerta sobre novas formas de roubos de criptomoedas ou dinheiro relacionado a elas, por fraudes. O Global Anti Scam relatou algumas formas novas que iludem o usuário com pouco conhecimento e os atraem para um falso investimento em liquidez de criptomoedas.

Enquanto o Washington Post afirmou que, em 2021, os americanos chegaram a sofrer danos de US$ 750 milhões somente no ramo das criptomoedas, os agentes nefastos não param de criar formas de iludir os usuários despreparados.

publicidade

Um dos grandes dificultadores é que os golpes de criptomoedas são normalmente baseados em mentiras – as vítimas de criptomoedas são enganadas e muitas vezes entregam seus fundos voluntariamente, percebendo mais tarde que foram enganadas.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

O argumento é verdadeiro, mas a ação fraudulenta

Todas as negociações de moedas descentralizadas precisam de uma espécie de “lastro”, algo como a liquidez para garantir as operações, segundo o Tech Radar, esse é o grande problema. 

As pessoas não entendem muito bem como isso é processado e as garantias que existem para o acordo ser firmado — a liquidez é criada quando portadores liberam alguns de seus tokens para um “pool” de negociação e recebem um bônus extra na hora da devolução.

publicidade

Porém, isso não é feito na base da confiança, nem “trato de boca”, para que a ação seja verdadeira é preciso que tudo esteja registrado em contrato, uma versão única e também codificada que carinhosamente se chamam “contratos inteligentes”.

O modo de operação dos criminosos na fraude de criptomoedas

Quem já lida há algum tempo com criptomoedas dificilmente vai cair em um golpe com “contrato de boca”, mas os iniciantes podem ser vítimas.

Agora, até os experientes podem acabar tombando com os novos métodos dos criminosos. A ousadia aumentou, os golpistas estão desenvolvendo criptomoedas falsas e falsificando registros para fazer a ilusão de que estão aumentando de valor.

Em seguida, buscam novos investidores para conectar sua carteira digital, assinar um contrato inteligente e fazer contribuições para o pool de liquidez, tudo conforme as regras, mas nesse caso, todo o processo está fraudado desde o início.

publicidade

Os golpistas lavam o dinheiro através de outras criptomoedas, trocas e desaparecem no ciberespaço. O golpe de “mineração de liquidez” é muito perigoso, as estimativas dizem que cerca de US$ 66 milhões já poderiam ter sido arrecadados por eles.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar