Projeto e linha ambiciosa da Sony pretende “ser a nova Nike” para os gamers profissionais

Os e-sports, assim como os físicos, tem uma potência de mercado incrível. Entretanto, no momento não existe uma marca dominante que atenda a necessidade dos profissionais, de forma completa, no que diz respeito a equipamento. A Sony parece estar interessada nesse papel e está planejando se tornar a “Nike dos e-sports”.

publicidade
Nova linha da Sony voltada para os eSports (Imagem: Divulgação / Sony)

Pelo menos é o que afirma o vice-presidente executivo da empresa, Kazuo Kii, que comentou em entrevista sobre a nova linha de periféricos da Sony.

Kii afirmou que o objetivo da empresa com a linha é garantir sua relevância no mercado a ponto de ter um papel semelhante ao que a Nike desempenha nos esportes tradicionais.

publicidade

Sony aposta na Inzone para virar a Nike dos eSports

Durante a entrevista dada à Nikkei, Kii ressaltou o fato de a Sony estar entrando tardiamente neste mercado, mas segundo ele, a empresa não está em uma posição de desvantagem.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Isso porque ainda não existe uma empresa renomada o suficiente para ser considerada líder no segmento.

A Sony parece desconsiderar concorrentes como a Red Dragon e a Ryzen, embora essas marcas, e outras, tenham uma abordagem mais generalista, visando um público que vai desde o casual até o profissional.

publicidade

A abordagem difere da linha Inzone, cujo foco é providenciar equipamento de e-sports apenas para o público profissional e competitivo.

Jogadores hardcore de PC. Vamos começar do topo e aprender o que os melhores jogadores de eSports querem. A visão que temos em mente é a de Mizuno e Nike fornecendo calçados para atletas. Você pode ganhar prêmios em dinheiro nos eSports. Se o tempo de resposta de um monitor atrasar um pouco, você perde. Os produtos da Sony não deixarão as pessoas decepcionadas nessas batalhas”, disse Kii ao se explicar o foco da linha Inzone.

Periféricos de PC também são compatíveis PS5

A Inzone está sendo desenvolvida há quase três anos com o público gamer do PC como seu alvo. Mesmo assim, a empresa afirma que os monitores e headsets, seu produto principal, são compatíveis com o console de última geração Playstation 5.

A Sony ressalta ainda a necessidade de se ter equipamento de ponta em situações competitivas, assim como um um bom par de chuteiras pode ser fator decisivo durante uma partida de futebol.

publicidade

A empresa garante que as tecnologias incluídas em seus periféricos podem dar aos profissionais aquele empurrãozinho durante suas partidas.

Além da aplicação em cenários competitivos, outro aspecto que a Sony está buscando é próximo a Nike para o mundo dos e-sports parece ser o preço.

Os monitores da linha Inzone tem uma variação de preço que vai de  R$2,7 mil até R$4,7, enquanto os headsets vão de R$520 até R$1,5 mil.

Porém, esses preços são baseados em conversão direta, já que os periféricos não estão disponíveis no Brasil. Uma vez introduzidos no nosso mercado, devemos ter valores ainda mais altos.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar