Rappi começa a aceitar pagamentos em criptomoedas e anuncia novidade

Rappi começa a aceitar pagamentos em criptomoedas e anuncia novidade inesperada. O aplicativo de entrega colombiano, que entrega comida e outros bens para o país latino-americano, disse que lançou um programa piloto de pagamento em criptomoeda no México.

publicidade
Rappi começa a aceitar pagamentos em criptomoedas e anuncia novidade inesperada
Rappi começa a aceitar pagamentos em criptomoedas e anuncia novidade inesperada. Imagem: Divulgação/Rappi

A empresa fez parceria com as plataformas de criptomoedas Bitpay e Bitso para lançar um novo serviço que permitirá aos usuários converter criptomoedas em pontos para compras no aplicativo, disse Rappi.

Este é o primeiro passo para nos permitir aprender e continuar a integrar o mundo das criptomoedas na Rappi”, disse o presidente da Rappi, Sebastian Mejia, em comunicado.

publicidade

A Rappi, que opera em nove países latino-americanos, lançou o “Pay with Rappi” no México no ano passado para desafiar o Paypal e o rival regional Mercado Livre em pagamentos online. Agora, pode ser que pagamentos em criptomoedas se tornem mais comuns.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

O app também fornece alguns serviços financeiros no México, Brasil, Peru e Chile, e planeja oferecer serviços bancários digitais na Colômbia este ano.

Como funciona os pagamentos em criptomoedas no Rappi

Na primeira fase, a empresa decidiu desenvolver um produto que permitiria aos consumidores conectar suas carteiras digitais – e contas de câmbio – para converter criptomoedas em crédito Rappi. Dessa forma, seria possível fazer pagamentos em criptomoedas.

publicidade

Com a primeira abordagem, afirma Mejia, as empresas poderão aprender – e continuar a integrar o mundo das criptomoedas.

A Rappi vem ampliando seu leque de serviços

Atualmente, a empresa atua em nove países da América Latina. No ano passado, a empresa lançou o “Pague com Rappi” no México. Com isso, a empresa busca ganhar espaço no espaço de pagamentos online, o que vemos por conta dos pagamentos em criptomoedas.

A empresa também presta alguns serviços financeiros no Brasil, México, Chile e Peru. Este ano, a empresa ainda planeja oferecer serviços bancários digitais na Colômbia.

Fundada na Colômbia, a Rappi atua em mais de 250 cidades. Desde que a plataforma foi fundada, em 2015, ela foi baixada mais de 100 milhões de vezes. Atualmente, a empresa oferece serviços diversificados nas principais verticais da plataforma.

publicidade

Criptomoeda: Fundo Itaú permite investir 1 real

Nesta segunda-feira (11), o Banco Itaú e a Hashdex, maior gestora de criptoativos da América Latina, anunciaram o lançamento do Fundo Hashdex Crypto Selection FIC FIM.

Este é o primeiro fundo de criptomoedas emitido pelo Itaú e estará disponível exclusivamente nos primeiros três meses. Outra alternativa para quem tem dinheiro virtual para pagamentos em criptomoedas.

Novos fundos de ativos digitais são lançados no mercado, proporcionando exposição dinâmica aos temas de investimento representados nos produtos do gestor. O aplicativo é aberto a todos os investidores com investimento mínimo de 1 real.

O fundo buscará retornos acima do índice NCI, conhecido no Brasil como HASH11 ETF e o segundo maior índice da bolsa brasileira.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar