Quer pagar menos ao comprar no exterior, viajar ou trocar moeda? O Banco Inter pode ter sua solução

Está pensando em viajar para fora do Brasil ou apenas quer fazer compras internacionais? Entenda o que é a Global Account (conta internacional) do Banco Inter.

publicidade
Saiba as facilidades da Global Account do Inter. (Imagem: Divulgação/Banco Inter)

Inter sem taxas e internacional

A conta internacional do Banco Inter pode ser uma solução eficaz se você costuma fazer compras no exterior, transfere ou recebe dinheiro de fora, ou até pretende viajar para fora do país.

Para isso, basta abrir uma conta no Inter e terá alguns acessos especializados para este tipo de conta, como:

publicidade
  • Processo 100% Digital;
  • Sem taxa de abertura e manutenção;
  • Compras no débito sem  IOF;
  • Transferência para outras contas nos Estados Unidos;
  • Câmbio com cotação comercial;
  • Transferência em dólar.

Outra grande vantagem: quem usar a conta fora do Brasil, poderá fazer com taxa de câmbio mais barata que a de turismo.

Porém, há um acréscimo no valor do dólar (taxa spread), informado no momento da conversão entre as moedas.

Duas taxas importantes a serem lembradas são do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) que fica em 1,1% para transferência entre a conta brasileira e a conta internacional.

publicidade

No movimento inverso, se a transferência for da conta internacional para conta brasileira, o valor cobrado é de 0,38%.

O cliente Inter também terá acesso a um cartão virtual internacional, onde poderá fazer suas compras no débito e sem cobrança de taxas.

Este cartão virtual poderá ser usado apenas com o cadastramento em uma carteira digital como Google Pay ou Apple Wallet, acessada com a ferramenta de aproximação. Depois, o banco envia um cartão físico.

O IOF para quem usa cartão de crédito nos bancos internacionais é de 6,38%, bem acima do valor colocado pelo Inter.

publicidade

Quem tem acesso?

Neste primeiro momento, a Global Account no Super App é exclusiva para correntistas que residem no Brasil. Mesmo sendo brasileiro, tendo conta no Inter, porém, morando fora, não terá acesso ao recurso.

Também é possível realizar transferências e saques fora do horário de câmbio (segunda à sexta-feira, das 9:30 às 16:30) e em qualquer dia da semana.

Atenção ao detalhe: operações feitas fora desse horário terão uma taxa de spread fixa de 1,5%, independente do segmento da sua conta no Inter.

Ah, além do dólar, a conta também faz transações para outras moedas, é só selecionar qual vai ser ao entrar na função crédito.

Com uma facilidade dessas, dá até vontade de gastar uma graninha, né?!

Com informação: Inter.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar