Spotify abre “cofre” para lançar projeto revolucionário

O streaming de música resolveu investir “pesado” na evolução do conceito tecnológico de programas livres. Agora, o Spotify abriu o cofre para lançar um projeto inovador e planeja incentivar a criação de softwares open source, o futuro da programação.

publicidade
Playlists Spotify em foco no smartphone (Imagem: Omid Armin/Unsplash)
(Imagem: Omid Armin/Unsplash)

Spotify resolve financiar projetos de código livre e aberto no mercado

A empresa de streaming está antenada com as novas tendências da programação e criação de softwares, por isso, resolveu abrir um fundo específico para investir externamente em iniciativas independentes de criação de programas de código livre e aberto no mercado, os famosos open source.

O novo projeto do Spotify foi revelado por publicação oficial da empresa em uma de suas páginas. Segundo o app, o objetivo principal em apoiar as iniciativas open source é para “retribuir aos desenvolvedores que trabalham com essa modalidade para tentar criar um ambiente sustentável para todos”.

publicidade

Valores iniciais “baixos”, mas com grande possibilidade de ampliação

Segundo o comunicado, fundo começará em 100 mil euros, mas que rapidamente pode ser ampliado conforme os resultados.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

O líder de tecnologia open source do Spotify, Per Ploug, confirmou essa ideia ao dizer que “isso é apenas uma quantidade inicial”, e que após o período de testes da iniciativa poderão ampliar os valores de investimento.

Como será o projeto do Spotify?

A logística do projeto começa com a empresa doando o dinheiro para diferentes projetos de código aberto ao longo do ano. Os fundos são para o suporte financeiro aos desenvolvedores e os ajudarão a manter os projetos, incluindo a correção de vulnerabilidades de segurança. 

publicidade

A empresa de streaming terá como alvo projetos independentes, porém mantidos ativamente, ou seja, em constate evolução.

Outra característica central é que os projetos que usufruirão do fundo não podem ser executados ou ter vínculo com pessoas empregadas no Spotify.

Spotify com projeto que valoriza quem sempre os ajudou

A verdade é essa, muitas empresas acabam recorrendo a softwares open source para melhorar seus produtos – ou, às vezes, solucionar problemas com base em programas de código aberto.

Como essa forma de criação não é atrelada a ganhos monetários, muitas vezes os programadores acabam não tendo nenhum retorno ou suporte financeiro. Um dos trechos do comunicado deixa clara a intenção do Spotify:

publicidade

“Na verdade, somos como muitas outras empresas de tecnologia que dependem de código aberto. No entanto, desenvolvedores de código aberto muitas vezes disponibilizam esses projetos para usarmos sem qualquer compensação. É por isso que hoje estamos anunciando o Spotify FOSS Fund, com o objetivo de doar dinheiro e chamar a atenção para projetos independentes de código aberto. Esses projetos apoiam e permitem que nossas equipes de engenharia façam seu melhor trabalho, e queremos reconhecer isso.”

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar