Twitter pode ser comprado por Elon Musk ainda nesta segunda e todas as informações são divulgadas

Após tomar iniciativas para impedir a consolidação de sócios majoritários na empresa, o Twitter tem reconsiderado a oferta de compra feita por Elon Musk. No início deste mês, o bilionário presidente da Tesla adquiriu 9,2% da rede social, o correspondente a 73,5 milhões em ações.

publicidade
Twitter deve ser comprado por Elon Musk ainda nesta segunda e todas as informações são divulgadas
Twitter deve ser comprado por Elon Musk ainda nesta segunda e todas as informações são divulgadas. (Imagem: Pixabay)

Dias depois, Elon Musk propôs comprar o Twitter mediante a oferta de US$ 43 bilhões. Porém, informações recentes do jornal norte-americano Wall Street Journal, apontam que o aplicativo decidiu analisar a proposta com novos olhos, após o bilionário mencionar a maneira como formalizaria a aquisição da empresa. 

Ambas as partes participaram de uma reunião no último domingo (24), para tratar sobre o assunto. A previsão é para que informações detalhes sobre as negociações sejam divulgadas até o final desta segunda-feira (25). 

publicidade

Proposta de Elon Musk para comprar o Twitter

A oferta total feita por Elon Musk para comprar o Twitter e se tornar o único proprietário da rede social é de US$ 43 bilhões, dos quais ele desembolsaria US$ 21 bilhões da própria fortuna.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

O saldo seria obtido com o auxílio de duas cartas de compromisso do banco norte-americano, Morgan Stanley. Destacando que a fortuna atual de Musk é avaliada em US$ 270 bilhões. 

Enquanto isso, o Twitter se posicionou na tentativa de proteger os ativos e o Conselho da empresa. A manobra popularmente denominada de “pílula veneno”, consiste no impedimento da venda e aquisição de 15% ou mais das ações para o mesmo investidor.

publicidade

Porém, se essa prática acontecer no mercado aberto sem que o Conselho do Twitter aprove previamente, a parte que assumir o percentual da empresa precisará desembolsar uma quantia extra em relação aos acionistas atuais. 

Pretensão de Elon Musk com a compra do Twitter

Conforme apurado, a intenção de Elon Musk nesta nova aquisição é preparar as bases no intuito de alinhar a Tela, a SpaceX e o Twitter, transformando-as em uma megaempresa. Porém, enquanto as negociações quanto a compra do aplicativo seguem inconclusivas, o empresário registrou três novas empresas na última semana. 

Registradas com variações do nome “X Holdings”, os registros foram feitos no estado norte-americano de Delaware, conhecido por ser um “amigo dos impostos”.

Ao que parece, este trio tem se empenhado nas manobras financeiras para a aquisição da rede social. Na primeira delas, a X Holdings I Inc., possui Elon Musk como presidente, tesouro e secretário e deveria ser controladora do Twitter caso a oferta de compra seja aceita.

publicidade

A segunda empresa, a X Holdings II Inc., seria fundida ao Twitter como parte da aquisição, enquanto a X Holdings III LLC, atuaria como um auxílio financeiro nesta transação.

No entanto, outros arquivos também evidenciam especulações recentes sobre os planos de Elon Musk em fundir todos os empreendimentos dele, como a Tesla, SpaceX, Neuralink, The Boring Company e potencialmente o Twitter, em um único conglomerado.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar