Ator de Hollywood perde fortuna de NFT

O ator e diretor de Hollywood, Seth Green, sofreu um golpe com NFT, rendendo um prejuízo de US$ 850 mil. Os detalhes do caso são bizarros e servem como alerta se você pretende entrar neste mercado.

publicidade
(Imagem: Divulgação)

Seth, que é conhecido na indústria cinematográfica e também é dublador, produtor, roteirista, ficou conhecido no segmento por dar voz aos personagens famosos do cinema, além de trabalhar diretamente em grandes produções como Uma Família da Pesada, Guardiões da Galáxia, Austin Powers e por ter criado a animação adulta Frango Robô, que lhe rendeu diversos prêmios.

A OpenSea, que é atualmente a maior plataforma de negociação de NFTs do mundo, teve os itens roubados do artista e, entre eles estavam dois tokens exclusivos de dois Mutant Ape Yacht Club, um Doodle e um Bored Ape Yacht Club – a maior, mais cara e mais popular coleção de NFTs do mundo atualmente.

publicidade

“Bom, amigos, aconteceu comigo. Caí em um golpe de phishing e quatro NFTs foram roubados. Por favor não comprem ou negociem esses NFTs enquanto eu tento resolver tudo. DarkWing84 [nome de usuário citado na mensagem], parece que você comprou uma dos meus NFTs roubados, fale comigo para podermos resolver essa situação”, publicou o ator nas redes sociais.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

NFT: Crimes virtuais – chamados  Phishing, têm se tornado cada vez mais comum

Phishing é quando algum internauta é contatado por e-mail, celular ou mensagens, sendo atraído de forma sútil a ser induzido a fornecer dados pessoais como dados bancários, por exemplo.

Quando a vítima é convencida a compartilhas informações confidenciais, ela sofre o golpe que pode ser o cartão de crédito clonado ou transações financeiras indesejadas, entre outros.

Conheça os principais tipos de phishing:

  • Scam: O contato pode ser feito via telefone, email, mensagem de texto ou pelas redes sociais;
  • Blind Phishing: é o mais comum de todos, disparado via e-mail em massa e sem muitas estratégias, que contam apenas com a “sorte” de que algum usuário caia na armadilha;
  • Spear phishing: é quando o ataque é contra um grupo específico, como funcionários do governo ou clientes de uma empresa específica, por exemplo;
  • Clone phishing: este golpe clona um site original para atrair os usuários, criando um site falso que é acessado pelos internautas que acabam compartilhando informações confidenciais. Em seguida o usuário é direcionado para a página original sem perceber que foi vítima;
  • Whaling: o termo vem da palavra whale (baleia, em inglês) e tem como alvo os executivos de alto nível ou personalidades de relevância;
  • Vishing: Podem vir acompanhados de SMS que dizem que o seu cartão foi bloqueado e você precisa ligar para um determinado número para pedir a liberação;
  • Pharming: é quando acontece o envenenamento do DNS (o sistema que traduz os números dos IP’s em nomes de domínio) e atinge os usuários em uma larga escala;
  • Smishing: é o nome para phishing realizado através de SMS. São mensagens que geralmente constrangem o usuário como dívidas.
publicidade

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar