Teremos grande prejuízo para o avanço tecnológico de conexão 5G com a atual crise de material-chave

Crise dos chips pegou a produção tecnológica mundial de surpresa, entretanto, agora o problema parece estar sendo com a fibra óptica, outro material que se tornou básico para a evolução tecnológica. 

publicidade
Imagem: Divulgalção/Banda larga foto criado por freepik

Aumento de preço e escassez de fibra óptica

De acordo com um novo relatório divulgado pela especialista em análise de mercado tecnológico, Cru Group, a fibra óptica seria o próximo componente em escassez do mundo.

Por conta de alguns dados que apontam o preço do componente elevado em 70% nos últimos 18 meses devido à alta procura, será provável que viveremos um atraso na expansão do 5G.

publicidade

Além disso, houve um crescimento da demanda de fibra óptica de 8,1% de 2021 para 2022. E mesmo que o 5G seja a principal preocupação, ela não é a única. 

Não tendo acesso rápido e fácil ao produto, além do aumento do valor, a escassez pode gerar problemas em infraestruturas de comunicação, que chegariam a impedir projetos de expansão sobre armazenamento – seja nas famosas “nuvens” ou até hospedagens de sites, datas centers e servidores. 

Em face disso, a falta de produto também encarece a instalação de cabos submarinos, muito importante para levar internet banda larga entre países e continentes. 

Em uma matéria feita pelo TechRadar, apontou-se que empresas menores seriam as primeiras a sentir o baque e teriam maior sofrimento com essa falta do material. Isso retardaria o cumprimento de prazos em diversos projetos.

publicidade

As grandes empresas devem sofrer menos, pois têm mais acessos a grandes fornecedores e, apesar disso, não fugiriam de determinados problemas. 

Especialistas falaram ao site de tecnologia que a crise não deve perdurar por muito tempo, mas que precisa de atenção, porque irá impactar nos preços e nos prazos. 

O céu é o limite

Se a crise está sendo difícil para quem usa cabos submarinos de internet banda larga, a Starship, braço da SpaceX, empresa do bilionário Elon Musk, tem procurado combater isso.

Visando espalhar a internet banda larga via satélite, a SpaceX bateu recordes de envio de satélites da Starlink neste ano. 

publicidade

A Starlink, inclusive, ajudou soldados ucranianos a enviarem notícias sobre a guerra, após a Rússia bloquear as principais fontes de comunicação do país. Até a comunicação entre familiares foi reestabelecida. 

Crises na tecnologia podem ir e vir, porém, Wendell Weeks, CEO da Corning, maior produtora mundial de cabos de fibra óptica, afirmou ao Financial Times que nunca viu uma crise como essa no ramo, mas que as fábricas estão “trabalhando incessantemente para aumentar a capacidade de produção”

Agora, cabe esperar a volta de uma estabilidade no mercado da tecnologia.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar