Piora da Guerra da Ucrânia deve favorecer Bitcoin

O recente, e ainda em andamento, o conflito geopolítico entre a Rússia e a Ucrânia tem afetado negativamente áreas da economia global. Mas segundo uma pesquisa recente, tem uma área que está sendo beneficiado com toda essa confusão: a de criptomoedas, mais particularmente o Bitcoin. Uma pesquisa feita pela plataforma OSL apontou que mais da metade dos Investidores institucionais acreditam que bitcoin subirá com piorar da guerra.

publicidade
FBI recupera 12 bitcoins e devolve a idosa vítima de estelionatários
(Imagem: Kanchanara | Unsplash)

57% dos investidores entrevistados tiveram uma opinião positiva em ralação à criptomoeda. Segundo eles, ela se tornará ainda mais forte, agindo como um porto seguro, diferentemente do que acham os outros 43% dos entrevistados, que veem a moeda como um ativo de alto risco e que pode simplesmente acompanhar uma eventual queda no mercado.

Bitcoin subirá com piorar da guerra?

Quando observado em um horizonte de tempo maior, o Bitcoin é conhecido por sua descorrelação ao mercado“, disse o responsável pelo desenvolvimento de novos negócios da OSL para o Brasil, Guilherme Rebane, ao Estadão. Ele aponta momentos nos quais o bitcoin manteve sua tendência enquanto todo o resto de mercado enfrentava baixas consideráveis.

publicidade

Isso, é claro, tendo como ponto de vista um investimento a longo prazo – já que, assim como outras criptomoedas, o Bitcoin tem altas e baixas e pode até seguir outros ativos. Um exemplo disso foi a queda das empresas de tecnologia e o movimento do mercado acionário em março de 2020, paralelo à explosão da pandemia.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

É importante ressaltar que o Bitcoin já teve alta de mais de 37% desde o dia 24 de fevereiro, quando teve início o conflito entre os países europeus. A subida começou logo após uma queda de mais de 11% no primeiro dia do conflito. No dia seguinte, o Bitcoin já havia valorizado mais de 15%.

bitcoin subirá com piorar da guerra
Gráfico do Bitcoin desde 23 de fevereiro (Imagem: Reprodução / CoinGeck)
publicidade

Sobre a pesquisa e a OSL

A empresa é especializada no mercado de ativos digitais e SAAS (Software como um serviço) na área de tecnologias voltadas a criptomoedas. Em seu portfolio tem clientes do mundo institucional, investidores, considerados de peso em diversos países da América, incluindo a  Hashdex e a QR Asset no Brasil. A pesquisa foi feita com seus próprios clientes.

Cabe aos participantes do mercado definir em quais momentos e quais crises as propriedades do Bitcoin irão favorecê-los“, afirma o texto.

Com certeza o mercado do mundo das criptos pode ser uma fonte generosa de lucros. Mas, ao mesmo tempo, é importante tomar cuidado com investimentos desse tipo, já que são de alto risco. A empresa não deu dicas de investimento, mas apenas mostrou o que seus investidores acham do papel do Bitcoin no atual cenário de guerra.

E você? Investindo em Bitcoin, ou qualquer outra criptomoeda, ultimamente? Quais são as suas perspectivas sobre esse mercado?

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Veja mais ›
Fechar