Cookies: Quando será o fim deles? O que muda?

Os cookies que você tanto se acostumou a ver em diversos sites vão ser extintos pelo Google em 2023. Isso vai acontecer depois de diversas reclamações sobre como essa ferramenta poderia ser invasiva em relação as informações pessoais dos usuários. Um processo de mudança já está sendo criado e essa opção está sumindo gradativamente até ser finalizada.

publicidade
(Imagem: Pixabay)

Há anos as marcas usam os cookies para rastrear os visitantes do site, melhorar a experiência do usuário e coletar dados que nos ajudavam a direcionar anúncios para o público certo. Também são usados para saber o que os visitantes estão verificando online quando não estão nossos sites onde foram instalados.

Mas, a maneira como esses cookies e ferramentas de rastreamento de anúncios do Google são usados vão mudar drasticamente com os esforços do Google para eliminar gradualmente o cookie de terceiros nos navegadores Chrome, ainda em 2022.

publicidade

Fim dos cookies: Google acelerou o processo

A eliminação foi anunciada inicialmente em fevereiro de 2020, mas o Google acelerou o burburinho em torno disso este mês quando anunciou que não criaria “identificadores alternativos para rastrear indivíduos enquanto navegam na Web, nem os usaremos. em nossos produtos.”

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Percebemos que isso significa que outros provedores podem oferecer um nível de identidade de usuário para rastreamento de anúncios na web que não oferecemos – como gráficos de PII baseados nos endereços de e-mail das pessoas”, escreveu um post do Google .

Não acreditamos que essas soluções atenderão às crescentes expectativas dos consumidores em relação à privacidade, nem resistirão às restrições regulatórias em rápida evolução e, portanto, não são um investimento sustentável de longo prazo. Em vez disso, nossos produtos da Web serão alimentados por APIs que impedem o rastreamento individual e ainda entregam resultados para anunciantes e editores“, emendou a empresa.

O início e o cuidado do Google durante a mudança

Em fevereiro do ano passado, uma postagem no blog do Google anunciou a eliminação gradual e deu o raciocínio inicial para o fim dos cookies. A big tech também explicou que esse movimento estava sendo feito para proteger os usuários que pediam mais privacidade.

publicidade

Os usuários estão exigindo maior privacidade – incluindo transparência, escolha e controle sobre como seus dados são usados ​​– e está claro que o ecossistema da web precisa evoluir para atender a essas demandas crescentes”, escreveu o post.

Embora o Firefox e o Safari já tenham eliminado o cookie de terceiros, o post do Google disse que suas mudanças acontecerão ao longo de dois anos, à medida que a empresa de tecnologia trabalha com anunciantes para garantir que essa mudança não destrua o negócio de publicidade online.

O que acontece depois que os cookies forem removidos?

Como acontece com qualquer grande mudança envolvendo privacidade, dados e publicidade, especialistas em negócios e publicações têm falado freneticamente sobre como a eliminação progressiva e a rejeição do Google ao rastreamento de anúncios mudarão a maneira como fazemos negócios on-line.

Mas, precisamos entrar em pânico?

A verdade é que os esforços de privacidade do Google Chrome podem impactar fortemente algumas áreas do espaço de marketing e publicidade, enquanto outras táticas ainda permanecerão praticamente as mesmas.

publicidade

No entanto, se você é um anunciante ou um profissional de marketing que prosperou com dados de terceiros ou dados individuais para estratégias de segmentação de público online identificadas, pode estar preocupado com a forma como navegará.

Mas, embora algumas grandes mudanças possam estar em andamento, novas alternativas também vão estar surgindo para esses sites e anunciantes.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar