Criador da Ethereum mostra preocupação com futuro das criptomoedas

Logo atrás da famosa Bitcoin, a Ethereum é uma das criptomoedas mais influentes deste mercado, somando um número significativo de investidores. Mas ao que parece, tanto sucesso não é o suficiente para mantê-la em alta, o que tem causado uma certa preocupação em seu co-criador, Vitalik Buterin, quanto ao futuro da moeda. 

publicidade
Criador da Ethereum mostra preocupação com futuro das criptomoedas
Criador da Ethereum mostra preocupação com futuro das criptomoedas. (Imagem: Pixabay)

Em entrevista concedida à Time Magazine no final da última semana, Buterin mostrou um certo temor quanto às tendências neste universo cripto que surgem a todo instante. Na oportunidade, ele destacou que, “o próprio crypto tem muito potencial distópico se implementado de forma errada […]”. 

Um bom exemplo que pode ser associado à preocupação do criador da Ethereum é a explosão das NFTs, na tradução livre para o português, os tokens não fungíveis, como o Bored Ape Yacht Club. Este modelo viralizou após algumas peças da coleção serem adquiridas pelo jogador de futebol, Neymar, que investiu R$ 6,2 milhões na compra.

publicidade

São as chamativas imagens de macacos, para ser mais específico. Na visão de Buterin, a posse deste tipo de produto digital, cujo preço de mercado gira em torno de US$ 3 milhões, torna esse jogo bastante diferente. Em outras palavras, entende-se que, a alta das NFTs podem ser uma ameaça às criptomoedas como a Ethereum, Bitcoin, Litecoin, entre outras. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

É importante explicar que, esses tokens tratam-se de uma espécie de criptoativos, um paralelo às moedas digitais. A particularidade está agregada ao fato de que, essas NFTs representam produtos e serviços do “mundo real” através do meio digital que evolui e se expande a cada dia. Portanto, todo o investimento compõe o valor de mercado da proposta representada por esses criptoativos. 

Ethereum ainda tem futuro promissor

Visando alavancar a Ethereum e assegurar a influência e valor da moeda, Buterin tem feito declarações garantindo que a criptomoeda continuará sendo aplicada nos mais variados projetos, que partem de sistemas de votação até planejamentos urbanos: “Se não exercitarmos nossa voz, as únicas coisas que são construídas são as que são imediatamente lucrativas. E esses estão, muitas vezes, longe do que é realmente o melhor para o mundo”. 

publicidade

Durante o processo de criação da Ethereum, Buterin também se preocupou em criar um blockchain, uma chave de segurança que impulsiona o principal ativo desta moeda, o Éter. Este sistema foi efetivado em 2013, quando ele tinha apenas 19 anos de idade. Hoje, quase 10 anos depois, a Ethereum se tornou a segunda maior criptomoeda deste universo, cujo valor de mercado chega a US$ 360,7 bilhões. Conforme mencionado anteriormente, ela fica atrás somente da Bitcoin, que custa US$ 808,8 bilhões. 

O diferencial da Ethereum é que ela tem o poder de incentivar a construção de aplicativos descentralizados, como ferramentas financeiras e plataformas de mídia social combinadas às NFTs. O ponto baixo deste cenário é que, apesar de tamanha influência devido à criação da Ethereum, Buterin não tem autonomia para assegurar que os projetos relacionados à moeda criada por ela irão se concretizar. Esta é uma resposta que será apresentada com o tempo. 

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar