Cuidado, você pode estar sendo traído; Amazon e Google possuem hábito de agir pelas suas costas

A Google e Amazon teriam supostamente permitido que as autoridades obtivessem dados de vídeo sem um mandado ou permissão do usuário. A desculpa é a alegação de emergência por parte da polícia.

publicidade
Imagem: Pexels

Sistema de segurança – mas nem tanto

As empresas Arlo, Apple, Wyze e Anker, proprietárias da Eufy, confirmaram em uma matéria da CNET que não dão às autoridades acesso às imagens de câmeras domésticas inteligentes, exceto se receberem um mandado ou ordem judicial.

Diferente disso, a Google não foi muito clara sobre o assunto e a Amazon admitiu ter feito isso quase uma dúzia de vezes só neste ano.

publicidade

A Amazon vende câmeras, campainhas inteligentes e sistemas de segurança e garante que sim, repassa imagens de clientes, entretanto, só em “situação de emergência”.

Segundo o CNET, o Google tem uma política de privacidade muito parecida com a da Amazon, o que significa que as autoridades podem acessar dados de seus produtos Nest (armazenadora de dados do Google) sem mandado oficial.

Nas políticas de privacidade da Amazon do Google dos Estados Unidos, é definido que, geralmente, a polícia terá que apresentar mandado, ordem judicial ou intimação.

Entretanto, ambas as empresas teriam aberto exceções sobre enviar imagens pedidas de forma “emergencial”.

publicidade

A Amazon divulgou que atendeu a solicitação de envio de imagens de usuários sem mandado por 11 vezes, apenas neste ano.

Em comunicado ao The Verge, a porta-voz do Google, Kimberly Taylor, afirmou que os dados da Nest nunca foram entregues em uma emergência.

Os vídeos em questão estão sendo entregues por serem considerados pedidos “urgentes” da polícia.

Dados não seguros com Amazon e Google – mas calma

Cada país tem em sua legislação as questões sobre dados. No Brasil, temos a Lei Geral de Proteção de Dados que, teoricamente, protege os dados dos usuários (pelo menos em certa escala).

publicidade

Entretanto, nos Estados Unidos, existem algumas questões sobre a entrega de imagens. Não se obriga que as imagens sejam entregues, porém, a matéria afirma que a Amazon fez “uma exceção”.

Além disso, cada empresa tem seu sistema de segurança de dados.

A Apple, por exemplo, afirma que não tem acesso ao vídeo dos usuários, graças ao fato de seus sistemas usarem criptografia de ponta a ponta por padrão.

Porém, é sempre bom lembrar: isso não significa necessariamente que essas empresas estão mantendo seus dados seguros de outras maneiras.

A própria Amazon já afirmou que grava áudios pela Alexa e a Google, com o sistema Nest, não oferece sistema de criptografia de ponta a ponta.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar